Aulas no sistema híbrido retornam na próxima segunda-feira (19) em Cafelândia

Aulas no sistema híbrido retornam na próxima segunda-feira (19) em CafelândiaDa AssessoriaO município de Cafelândia publicou nesta quinta-feira (15) o Decreto nº 065/2021 que autoriza o retorno das aulas em sistema híbrido nas Escolas Municipais e as atividades de Educação Infantil.

De acordo com o novo Decreto, assinado e publicado pelo prefeito Culestino Kiara, fica autorizado a retomada das aulas presenciais, em formato híbrido, a partir de segunda-feira (19/04) para o Centro Municipal de Educação etapa pré – 05 anos e nas Escolas de Ensino Fundamental. A decisão está amparada ainda na Ata 005/2021 do Centro de Operações Emergenciais – COE que aprovou a decisão da retomada das aulas no município.

De acordo com a Secretária de Educação e Cultura, professora Rozane Pitol, o sistema híbrido, foi adotado por muitos pais cafelandenses e possibilita a permanência presencial da criança uma semana e na semana seguinte que a criança possa acompanhar de casa, de forma remota às aulas. “Estaremos tomando todos os cuidados que o momento pede. Já montamos o Protocolo de Biossegurança, que foi seguido à risca pelas escolas na retomada nas aulas em fevereiro e que devido aos altos índices à nível de região e estado tivemos que suspender. Quero ainda tranquilizar os pais e dizer que quando retomamos às atividades em fevereiro não tivemos nenhum caso registrado de Covid-19 nas escolas e agora, com todas essas medidas de segurança, acredito que também não haverá registros de casos”, destacou a Secretária de Educação e Cultura, professora Rozane Pitol.

Para o prefeito de Cafelândia, Culestino Kiara, o retorno a aulas é indispensável, mas o cuidado é necessário. “Estamos retomando gradativo, de forma que consigamos atender à todas as crianças com segurança. Um protocolo sanitário foi criado e é importante que ele seja respeitado, não só nas escolas, mas que os pais reforcem em casa os cuidados. Vamos reforçar os cuidados e vamos voltar aos poucos com todas às ações, de forma gradativa e com responsabilidade”, afirmou.

Transporte
Em relação ao transporte escolar, nesse momento será feito apenas para os estudantes que residem na área rural. “Estaremos priorizando os alunos da zona rural, devido ao distanciamento mínimo que precisaremos manter entre os passageiros e esses residirem mais longe. Pedimos aos pais que nesse momento, aqueles que conseguirem levar seus filhos da casa para a escola, os que residem na cidade, que assim façam”, observou a secretária.

Cmeis
De acordo com a secretária de Educação, o retorno dos Centros de Educação Infantil – CMEIS e para às crianças menores de cinco anos não será feita nesse momento. “Estaremos analisando semana a semana os dados epidemiológicos para que possamos sinalizar o retorno dos Cmeis”, destacou a secretária de Educação.

Conteúdo Protegido