fbpx

Polícia estende lona para esconder casa com reféns em Cafelândia

O clima de tensão aumentou em Cafelândia na tarde desta terça-feira (03) após os policiais colocarem uma lona preta em frente a residência na qual um homem, de 39 anos, mantém dois enteados como reféns.

A lona foi estendida por volta das 16h10 e obstruiu a visão de quem estava na via, inclusive dos populares e curiosos que estavam no local. Além disso, os próprios profissionais de imprensa não conseguem mais ter acesso à movimentação policial.

Os dois adolescentes, um menino de 12 anos e uma menina de 14, seguem em cárcere privado na casa onde a família mora, na Rua Elizabete Pereira, no Bairro Benjamim Motter. A situação se iniciou ainda na tarde de segunda-feira (02) e segue sem nenhum desfecho.

As negociações são feitas por militares do Bope (Batalhão de Operações Especiais), de Curitiba, e não têm um prazo determinado para terminarem. A intenção é oferecer oportunidades para que o homem deixe o local de forma pacífica, garantido a sua segurança e também a dos adolescentes.

Além de equipes policiais, socorristas do Samu também estão de prontidão no local.

Fonte: Redação Catve.com

%d blogueiros gostam disto: