Imagem
ConexãoRevista.
221 Views 2 min 0 Comentário

MPT em Cascavel participa de resgate de trabalhador em condições análogas à escravidão

- Cascavel, Destaque
30 de outubro de 2023
Anúncio

Na última terça-feira, 24, o Ministério Público do Trabalho do Paraná, realizou uma operação de resgate de um trabalhador em condições análogas à escravidão no distrito São João d’Oeste, distante 25 km do município de Cascavel.

Um homem que foi resgatado, trabalhava há mais de 20 anos como caseiro em um sítio sem registro em carteira e em condições de trabalho degradantes. A operação contou com a participação do Ministério do Trabalho e Emprego e da Polícia Rodoviária Federal.

Além de estar sem o pagamento de salário, o trabalhador estava alojado em local precário, sem as mínimas condições de higiene: o barraco que o abrigava era um chiqueiro de porcos desativado, com enormes frestas entre as tábuas, por onde passam frio, chuva e bichos.

Anúncio

Também foi constatado que a energia elétrica do sítio foi cortada, por ordem das empregadoras, com objetivo de forçar o trabalhador a deixar o local, pois não queriam pagar os salários atrasados e demais verbas trabalhistas.

Como as empregadoras não foram localizadas, o trabalhador foi resgatado e o caso será tratado pelo MPT e pelo MTE em processos administrativos de suas respectivas competências. O objetivo é buscar a responsabilização pelo pagamento das verbas salariais e demais indenizações, como por exemplo por dano moral coletivo, já que o trabalhador foi submetido a condições de trabalho análogo à escravidão.

Com informações do MPT/PR.

Fique por dentro das notícias em tempo real! Junte-se ao nosso canal do WhatsApp e seja o primeiro a receber as últimas atualizações. Clique aqui para participar.

Anúncio
Comentários do Facebook
Anúncio
Os comentários estão fechados.