Corbélia: Em projeto piloto CISOP inicia instalação do primeiro núcleo de atendimento no município

Pacientes não precisarão ir à Cascavel para realizar consultas de seis especialidades, elas serão oferecidas pelo consórcio no próprio município  

Diariamente, cerca de 80 à 100 pacientes de Corbélia precisam se dirigir à Cascavel para uma consulta com médicos especialistas no Cisop (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste do Paraná). Além da rotina árdua para quem enfrenta problemas de saúde, há ainda o desconforto da estrada e principalmente pelo tempo de espera. 

Contudo, esse cenário deve mudar nos próximos meses. O município de Corbélia conquistou o primeiro Núcleo descentralizado do CISOP. Isso significa que as consultas de 6 (seis) especialidades serão feitas no município de Corbélia para pacientes do município e de mais cinco cidades.

A novidade foi anunciada pelo Prefeito Giovani Miguel Wolf Hnatuw, juntamente com a Secretária de Saúde Cleide Teresinha dos Santos Messias, e pelo Administrador Geral do Consórcio Airton Miguel Simonetti, em reunião com Prefeitos e secretários da micro-região que serão beneficiadas. O encontro aconteceu na quinta-feira, 18, na Secretaria em Corbélia.

Projeto Piloto

O município vai ser pioneiro no projeto, e precisou de um empenho maior do prefeito, que também é vice-presidente no consórcio e médico. Foi do Dr. Giovani que partiu a negociação para cedência do espaço no Ambulatório do Hospital Santa Simone para atender os pacientes. A medida evitou que os municípios arcassem com custos extras.  

O Administrador do Consórcio Airton Miguel Simonetti explicou que as cidades de Nova Aurora, Cafelândia, Anahy, Braganey, Iguatu e Corbélia irão compor um único núcleo de atendimento, e os pacientes destas cidades, que antes iam à Cascavel, agora serão encaminhados para o atendimento das especialidades no Ambulatório do Hospital Santa Simone, em Corbélia. “Ali serão atendidas consultas com médicos especialistas de Oftalmologia; Ginecologia e Obstetrícia; Cirurgia Geral; Ortopedista; Vascular e Anestesistas. Há ainda a busca do CISOP para a contratação de médico cardiologista” explica Simonetti.

A Secretária Cleide comemorou a conquista para o município, e enalteceu o trabalho que vem sendo realizado.

“Desde o ano 2000 estamos discutindo a necessidade e importância de fazer essa descentralização para a micro-região. Nós encontramos resistência com a diretoria, mas agora a conquista veio”.

Benefícios

Com a mudança de atendimentos a expectativa é que as filas de espera para consultas e cirurgias dessas seis especialidades diminuam gradativamente. Todos os médicos serão disponibilizados pelo Consórcio.

O projeto de descentralização é um pedido antigo das cidades que utilizam o consórcio e enfrentam altos gastos com o envio de pacientes à Cascavel.

“Foram pegas 6 especialidades, que vão começar atender em Corbélia, pelo CISOP. Isso irá diminuir para os municípios os custos com viagem, riscos nas estrada para o paciente e principalmente para o conforto e rapidez no atendimento”, explica Cleide. , explica Cleide.

Corbélia é a primeira cidade à receber o Núcleo descentralizador, e além das consultas, os médicos especialistas também irão realizar cirurgias de baixa e médica complexidade por meio do SUS (Sistema Único de Saúde).

Além das consultas e cirurgias o CISOP está em busca ainda de credenciar laboratórios para a realização de exames como Ultrassonografia, RAIO X e Cardiologia também possam ser feitas no município.

Fonte: Assessoria de Imprensa Secretaria de Saúde de Corbélia – Recebido por e-mail em: 22/07/2019

Conexão Revista 8ª Edição

Conheça a Conexão Revista de Corbélia também versão impressa. Lançamos uma nova edição a cada 90 dias.

Leia a última edição agora, basta clicar na imagem ao lado!

E boa leitura! 



Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: