Copacol investe em amplo centro de reciclagem

Esta semana é celebrada a Semana Mundial do Meio Ambiente e para exaltar tamanha importância, a Cooperativa oficializou nesta terça-feira (1º junho) a operação do novo Centro de Reciclagem, localizado em Cafelândia, próximo da Estação de Tratamento Secundária de Efluentes. Foram investidos aproximadamente R$ 1,7 milhão em uma área de 970 metros quadrados.

O assessor de Meio Ambiente, Celso Brasil, e superintendente de suporte às operações, Ademir da Silva, acompanharam a execução de alguns processos realizados no local neste primeiro dia em operação.

Por conta das restrições pandêmicas, a diretoria executiva da Copacol não realizou a visita na nova estrutura, mas em entrevista para o programa de rádio Estação Copacol, na sexta-feira, dia 28, o diretor-presidente da Copacol, Valter Pitol, destacou o trabalho da Cooperativa com relação aos cuidados com o meio ambiente. “Nós sempre buscamos dar a destinação correta para esses resíduos produzidos em nossas atividades, onde parte é reciclado ou enviado para compostagem e demais resíduos são encaminhados para aterro industrial devidamente regularizado. Tudo faz com que tenhamos a capacidade para atender as demandas e estar legalmente adequados”, afirma.

Na oportunidade, o superintendente destacou a responsabilidade da Copacol por meio desse investimento. “O objetivo é criar condições adequadas para a correta separação e destinação dos resíduos gerados nos processos produtivos da Cooperativa. Além da atenção aos aspectos legais e ambientais, esta nova estrutura proporcionará melhores condições de trabalho e segurança para os nossos colaboradores” diz Ademir da Silva, ressaltando ainda o trabalho da equipe de engenharia na execução do projeto.

Recolha e destinação

No local são recebidos todos os recicláveis descartados pelas áreas da sede administrativa, como abatedouro de aves, fábricas de rações, supermercado, cereais e gestão de frotas, como explica Celso Brasil, assessor de Meio ambiente. “Os resíduos são coletados diariamente pela equipe de pátio e destinado à Central para separação dos papelões, plásticos, papel de etiqueta, além de bombonas e outros recicláveis em menor volume, e posteriormente enfardados”.

Em 2020, a Central recebeu mais de 1.390 toneladas de recicláveis, sendo que 13% desse total foram doados para a Associação de Agentes Ambientais de Cafelândia e o restante enfardado e vendido para empresas de reciclagem.

“Este investimento atende diversas demandas da Cooperativa, como garantir a biosseguridade da indústria, atendendo recomendações de auditorias de qualidade, bem como ter um ambiente que comporte o volume de reciclados descartados e preparado para atender às questões legais, ambientais e de segurança, proporcionando maior satisfação aos colaboradores que atuam nesta atividade”, destaca Celso.

Fonte: Assessoria da Copacol