Operação Águia leva segurança comunitária aos 12 territórios de Cascavel

A partir desta terça-feira (2), os 12 territórios cidadãos de Cascavel ganham reforço na segurança com uma viatura exclusiva para cada uma dessas regiões. O foco será a segurança comunitária com um inspetor e dois agentes da Guarda Municipal (GM) mantendo diálogo com a população, realizando rondas e ações preventivas para combater a criminalidade.

O lançamento da Operação Águia aconteceu na manhã de hoje em frente ao prédio da prefeitura de Cascavel. O prefeito Leonaldo Paranhos destacou que implantar equipes permanentes nos territórios facilita o trabalho para que as equipes da segurança municipal conheçam a realidade dos bairros, as demandas e necessidades da população.

“Nós acabamos de fazer os decretos dos nossos agentes, que são os nossos coordenadores desses territórios, os nossos inspetores. Esses inspetores terão uma equipe que todos os dias trabalhará no mesmo território, portanto, conhecendo inclusive geograficamente esses territórios, a topografia desses terrenos, onde tem um parque, onde tem um fundo de vale, onde os bandidos vão fazer a manipulação das drogas”, exemplificou.

Uma vez por mês acontecerá a avaliação do desempenho de cada território e, com base nas informações, novas ações poderão ser desenvolvida sempre com foco na segurança da população.

“Aqui em Cascavel não deixaremos consolidar a baderna, o desconforto e a insegurança”, diz Paranhos.

O secretário de Segurança Pública, Pedro Fernandes, explica que as equipes irão levantar não apenas os problemas de segurança, mas também estar na comunidade, integrando a população com a GM.

“Em cada território haverá um inspetor e uma dupla da Guarda Municipal. A função do inspetor junto à comunidade é conhecer os problemas daquela localidade, fazer a integração da Guarda Cidadã e a comunidade e, junto com a equipe, saber todos os problemas, não apenas de segurança. A partir do momento que a administração tem conhecimento dos problemas, pode desenvolver as políticas públicas”, enfatiza.

Cada equipe terá dois telefones com capacidade de comunicação com a Polícia Civil. Durante abordagens, os guardas municipais poderão consultar, de forma online, mandados de prisão em aberto, CNH e identidade.

Walter Parcianello, gestor do Território Cidadão, diz que ter uma viatura em cada um dos 12 territórios percorrendo os bairros da região eleva o patamar de segurança.

“Por isso é importante também a população participar desse processo, não ficar omissa, ela tem que se comunicar, falar para a nossa GM o que está acontecendo nos bairros. As viaturas que vão ficar em cada bairros darão agilidade e segurança para toda a comunidade. Temos que combater o vandalismo, furtos e roubos que estão acontecendo”, afirma.

Operação

A Operação Águia é em alusão ao perfil da ave, que é resiliente, quase não faz barulho, e, quando pensam que está velha, troca toda as suas penas e bico e está de volta ao mundo, aparentemente nova, mas, com toda a experiência já adquirida.

Presenças

O lançamento da operação contou com a presença de autoridades ligadas à segurança pública. Estiveram presentes o comandante do 5º Comando Regional, coronel Sergio Almir Teixeira; o comandante do 4º Grupamento de Bombeiro, coronel Araújo; Everton Manso de Oliveira, delegado da Polícia Federal, Fernando Zamoner, delegado da Polícia Civil, além de vereadores, secretários municipais e representantes de entidades.

Fonte: Prefeitura de Cascavel

Conteúdo Protegido