Mais de 130 famílias de Corbélia já se cadastraram no Programa Cidade Verde


Você está lendo esta notícia no site Conexão Revista. Um portal de notícias independente e feito por jornalistas com informações sobre tudo o que acontece em Corbélia e região.

Após a distribuição de mudas de flores para o plantio em Corbélia, foi vista a necessidade de também dar atenção à arborização da cidade. As árvores não foram esquecidas pelo município, e o projeto Cidade Verde nasceu. O programa desde 2019, disponibiliza um cadastro para interessados em plantar mudas de Brinco de Índio e Canelinha no passeio público.

Andreo Fontana, Diretor de Meio Ambiente, que é responsável pelo programa, explica que a necessidade de árvores próprias para a área urbana que despertou a vontade da criação do projeto que tem dado frutos em outros municípios também.

“Como a gente é responsável pela autorização da substituição das árvores do município, notamos que havia uma procura muito grande das árvores serem substituídas, pelo simples motivo que elas não eram árvores próprias para arborização urbana. Elas causam destruição das calçadas, entupimento de calhas, porque árvores que não são perenes, caem as folhas, é muito rápido, era uma grande procura”.

A secretaria procurou em outros municípios como era o funcionamento de projetos de replantio, pois Corbélia não possui um plano de arborização urbana, e o projeto então foi protocolado e segue no Ministério Público para correções. As espécies Canelinha e Brinco de Índio tem médio porte, e foram indicadas para o plantio por não correr o risco de atingir fiações elétricas, motivo que atinge grande parte das árvores já plantadas pelo município e que são cortadas pela Copel, deixando a área urbana com pouca arborização.

Para participar do programa, o morador precisa entrar no link disponibilizado pelo município, realizar o cadastro com nome, telefone, endereço e Rg, escolher uma das espécies e se comprometer a cuidar da muda de árvore também após o replantio. O cadastramento ficará em aberto por tempo indeterminado no link, e funcionará de acordo com a disponibilidade de mudas. Já o plantio tem previsão para dezembro, após a divisão das equipes nas áreas cadastradas da cidade.

Foram disponibilizadas inicialmente 200 mudas, 100 de cada uma das espécies, que ficam livres até que o número seja atingido. De acordo com Andreo, até o momento mais de 130 residências já solicitaram as mudas, e a procura aumenta no verão, quando a população vê a necessidade de novas árvores para amenizar o calor.

“Temos uma quantidade inicial de 200 mudas, que são mudas grandes, é um custo um pouco maior, e vamos plantar nos lugares solicitados. Se acaso não atingirmos as 200 solicitações, vamos pegar as autorizações que foram dadas e ir passando de casa em casa e ver se elas realizaram o plantio, se acaso não efetuaram e não solicitaram através do projeto, vamos plantar igual mesmo sem consentimento da pessoa, porque ela assina o papel aqui de que em 30 dias ela faria o replantio de uma árvore”.

Quem tiver interesse em participar do programa, deve seguir os critérios: o plantio deve ser em passeio público, em área apropriada, não pode ser dentro de residências, nem em calçadas.

Envie sugestões de pautas, fotos ou videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você (45) 9 9958-3996 ou Receba notícias da Conexão Revista no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Conexão Revista 8ª Edição

Conheça a Conexão Revista de Corbélia também versão impressa. Lançamos uma nova edição a cada 90 dias.

Leia a última edição agora, basta clicar na imagem ao lado!

E boa leitura! 

Envie sugestões de pautas, fotos ou videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você (45) 9 9958-3996 ou Receba notícias da Conexão Revista no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: