Para compartilhar experiências e formar os jovens que já estão no comando das propriedades, o Programa Coopera oportuniza uma formação empreendedora e de liderança cooperativista. O ciclo de aprendizado contempla o entendimento completo da estrutura da Cooperativa, além de constatar a importância da representatividade em todas as esferas para evolução do setor.

Os participantes da primeira turma tiveram um encontro especial com o diretor-presidente da Copacol, em um raio-X da história e da administração da Cooperativa. “Vencemos na vida com sacrifícios, disposição e coragem. Não podemos desanimar diante das dificuldades. Nossa história é um exemplo de superação. É uma honra compartilhar nossa experiência com essa geração que está vindo”.

Assim como as decisões tomadas pelos pioneiros foram determinantes para a solidez da Copacol, as novas gerações devem estar preparadas para assumir essa responsabilidade e manter esse ciclo de oportunidades.

Oportunidades e desafios foram apresentados pelos integrantes do Programa Coopera, que pontuaram ações que tornam a Cooperativa um grande exemplo no setor: a segurança nos negócios proporcionada com decisões estratégicas e que geram rentabilidade para as famílias; transparência pelo Aplicativo do Cooperado demonstrando as movimentações das atividades; Centro de Pesquisa Agrícola para desenvolvimento de tecnologias agrícolas e nas integrações; e distribuição das sobras, complementações e juros de capital que neste ano chegaram a R$ 134,9 milhões. Outros fatores desafiadores envolvem a aproximação entre a área de assistência técnica e os produtores para obtenção de melhores resultados, sucessão familiar, mão de obra nas propriedades e valor da marca.

BRASÍLIA
Os jovens cooperativistas participaram recentemente de uma visita técnica em Brasília, onde puderam verificar de perto a relevância de instituições representativas na defesa de direitos da categoria, como a OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras), que enfrenta diversas batalhas no Congresso Nacional em favor do agronegócio. “Essa é uma troca muito significativa, entre gerações diferentes: conhecemos a história dos nossos pioneiros para que possamos construir a nossa história. Percebemos nessa viagem a importância da Copacol no contexto nacional: o trabalho de cada um dos cooperados faz uma grande diferença para que tenhamos nossos resultados”, comenta a cooperada Nathani Muller.

O bate-papo possibilitou o fortalecimento dos princípios cooperativistas.
Conhecer a força do setor é fundamental para manter a união do agronegócio e manter as oportunidades conquistadas. “Podemos perceber o quanto a marca é reconhecida pela qualidade e excelência dos seus produtos. Esse trabalho nos dá uma visão muito mais ampla e um sentimento de orgulho em saber que tudo isso é fruto do nosso trabalho”, afirma a cooperada Glaucia Yorinori.

FORMAÇÃO
Como futuros administradores das propriedades, o que eles levam desta experiência é uma visão mais ampla da Cooperativa. “O Programa Coopera Copacol vem para estreitar relações entre esta nova geração de cooperados e a Cooperativa, trazendo maior envolvimento e percepção de negócios. Desta forma estamos promovendo conhecimento através do estudo de caso, a campo, com um modelo diferente que agrega muito mais aos jovens.”, explica a assessora de cooperativismo, Elizete Dal Molin.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Copacol

Conteúdo Protegido