Em Cascavel casos positivos de Covid-19 tem queda na primeira quinzena de julho

Nesta quarta-feira (15), a Secretaria de Saúde de Cascavel apresentou um levantamento sobre o número de infectados pela Covid-19. O objetivo foi comparar os primeiros 15 dias do mês de julho com as duas quinzenas do mês passado.

Entre o dia 1º até 15 de junho foram registrados 846 casos positivos para o novo coronavírus, uma média de 56,4 casos diariamente. Já do dia 15 a 30 de junho o município registrou 1708 casos positivos, com uma média de 113,8 casos diariamente.

O mês de junho foi considerado pelas autoridades de saúde municipal, estadual e nacional, com a maior concentração de casos, principalmente na região Sul do País, por conta do inverno.

Os 15 primeiros dias de julho, Cascavel registrou 1239 casos positivos para Covid-19, com uma média de 82,6 casos diariamente. Na comparação com a primeira quinzena de junho houve uma redução de 68,28%.

Quando a análise compara a última quinzena de junho, a redução é maior: 72,54% menos casos positivos do coronavírus nestes 15 dias de julho.

 Nas últimas 24 horas não houve registro de novos óbitos (hoje 80). O índice de letalidade no município de 1,9%, enquanto que no restante do País a taxa é de 3,8%, conforme dados do Ministério da Saúde.

“Os dados apresentados mostram que as medidas tomadas desde o final de fevereiro deste ano vem correspondendo a demanda que mais cedo ou mais tarde chegaria ao sistema público de saúde. O combate à Covid-19 ainda não acabou, pois ainda precisaremos conviver com o vírus até a chegada de uma vacina”, destacou o Secretário Municipal de Saúde, Thiago Daross Stefanello.

O município está cumprindo com os pilares que envolvem salvar o maior número de vidas, reorganizar o sistema de saúde e a economia.  Cascavel aumentou de 55 leitos de UTI para 99 durante a pandemia, um aumento de 86,7%..

 Somente o Hospital Universitário do Oeste do Paraná, a unidade saiu de 19 leitos de UTI para 49 (aumento de 157,8%). A partir do anúncio de mais 10 leitos de UTI na ala covid do HU na última quarta-feira (08), elevou-se de 20 para 30 leitos exclusivos para o enfrentamento da pandemia. 

Ainda, o Hospital de Retaguarda Allan Brame Pinho, que possibilitou a abertura de 14 leitos de UTI e 28 de enfermaria no Hospital de Retaguarda. “Atualmente estamos 65,2% na taxa de ocupação dos leitos de UTI Covid em Cascavel, um cenário importante neste momento; por isso, as medidas para o comércio, outros estabelecimentos e a população é para sejam ainda mais responsáveis pelos cuidados necessários com o objetivo de evitar novos casos e sairmos mais fortes desta pandemia”, finalizou Thiago.

Fonte: Prefeitura de Cascavel

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: