Comércio de Corbélia reabre, e COE deve definir novas regras de atendimento


Você está lendo esta notícia no site Conexão Revista. Um portal de notícias independente e feito por jornalistas com informações sobre tudo o que acontece em Corbélia e região.

Os comerciantes e lojistas de Corbélia abriram logo cedo as portas dos estabelecimentos. Os 14 dias fechados prejudicaram muito além das vendas.

As duas primeiras semanas de cada mês já são conhecidas por serem as de maior recebimento de contas. Com o comércio sem poder trabalhar, muitos consumidores deixaram de pagar as dívidas, e agora o momento é de tentar amenizar as perdas como conta o Presidente da Associação Comercial e Industrial de Corbélia José Francisco Camero.

“Estes dias foram complicados pois o período foi o pior possível. Além de ser inicio de mês, onde os clientes vem comprar e pagar, alguns comércios tiveram um agravante que foi o período de frio que fez nos primeiros dias do mês. Estes tem mercadorias específicas do inverno e os que estão ligados a moda ainda tem o agravante da coleção, o que não vende este ano, somente será vendido no ano que vem e mercadoria em estoque é ruim, se torna prejuízo.”

Mesmo sem nenhum decreto municipal vigente, os empresários mantiveram as regras de higiene já estabelecidas anteriormente. Uma reunião com os membros do Centro de Operações de Emergência exclusivo para a COVID-19, já acontece nesta quinta-feira, 16, para estabelecer um novo decreto municipal.

Remodelado este novo decreto pode trazer não só novas regras de funcionamento, como horários de atendimento e circulação de pessoas, mas também a autorização de funcionamento de novos serviços que ainda continuam suspensos.

Apesar do fechamento o número de contaminados pelo novo coronavírus não teve estabilização no período, a movimentação pelas ruas continuam normal.

“Além disso o mais triste é que não surtiu efeitos significativos no controle da pandemia. Os números continuaram crescendo, a movimentação na cidade não parou. Em resumo o único efeito significativo ficou para as empresas que não tiveram as vendas esperadas e vão ter dificuldades em receber de alguns clientes”.

Envie sugestões de pautas, fotos ou videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você (45) 9 9958-3996 ou Receba notícias da Conexão Revista no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: