Covid-19: redução de casos levam a estudos para ampliar reabertura

Desde o início da pandemia do novo coronavírus em Cascavel, uma das principais preocupações do Município foi com o impacto que a crise gerada pela pandemia traria ao setor econômico.

Para minimizar esses impactos, ainda em abril foi lançado o Programa de Retomada Econômica, que uniu o poder público, entidades classistas e o Sebrae em estudos para identificar os setores mais afetados pela crise e criar estratégias e ações específicas para auxiliar na retomada em cada segmento.

Os números da Covid-19 são avaliados semanalmente e direcionam as ações de governo. No dia 14 de julho, por exemplo, com base nos números daquele momento o prefeito publicou o novo decreto municipal de reabertura que ampliou o número de atividades que foram autorizadas a retomar suas atividades.

Os números da Secretaria Municipal de Saúde são otimistas e indicam que Cascavel está entrando na quinta semana consecutiva com queda nos registros de novos casos.

Com isso, abre a possibilidade de uma nova avaliação mais positiva sobre estabelecer prazos para indicar uma possível ampliação de alguns segmentos da economia que não foram contemplados no último decreto, como a educação privada, e alguns tipos de eventos, por exemplo.

O novo boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (29) aponta que o número de pacientes ativos – com potencial para transmissão do vírus – caiu para 93. O número de pacientes recuperados supera o de novos casos. 

“Estamos entrando na quinta semana com queda de números e essa redução traz alguns indicativos de positividade, no sentido de atender alguns ramos de atividades, alguns setores da economia que ficaram desassistidos nesse decreto do dia 14. Porém, a gente sabe que é preciso ainda aguardarmos a sexta semana para termos um resultado mais  efetivo. Estudos mostram que são necessárias pelo menos seis semanas seguidas de redução do numero de casos para ser considerado um resultado efetivo de queda. Nossos números mostram  mais do que uma simples tendência, mostram  resultado de mais efetividade de queda nos números do covid”, diz o secretário de Desenvolvimento Econômico, Alcione Gomes.

O secretário destaca que o prefeito Leonaldo Paranhos tem interesse que outros setores retomem as atividades, que a economia volte ao normal, mas sem deixar de lado os cuidados que são necessários para evitar um novo aumento de casos, manter a prevenção é fundamental para mantermos a queda dos casos de contaminação.

Além da educação, parte do setor de eventos continua com atividades suspensas. Cabe salientar que alguns setores da educação  foram contemplados no decreto anterior, como aulas praticas do ensino superior, as atividades das escolas técnicas profissionalizantes. Os estudos durante a quinta e sexta semanas irão indicar a possibilidade de ampliar a abertura.

“Precisamos desse prazo para termos uma melhor visão da tendência de resultados e assim assumirmos de maneira muito responsável  um posicionamento”, diz Alcione.

Fonte: Prefeitura de Cascavel

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: