173 views 5 min 0 Comment

Corbélia dá início a mutirão de limpeza com visita de agentes às residências

- 14 de fevereiro de 2024

No início da tarde desta quarta-feira, 14, toda equipe de agentes de endemias e agentes de saúde deram início ao mutirão de limpeza que acontece entre os bairros Jardim Vera Lúcia e Bairro Berté I e II.

Junto com o Secretário de Saúde de Corbélia, Paulo Borges Cardoso, o Prefeito de Corbélia Dr. Giovani Miguel Wolf Hnatuw (MDB) falou com os agentes, lembrou da importância do trabalho que eles estão realizando e também da necessidade das ações neste momento serem mais incisivas.

“Baseado nas estatísticas alarmantes dos casos de dengue, a necessidade de uma abordagem mais rigorosa nas casas, em conjunto com medidas epidemiológicas se torna essencial. O que antes poderia ser considerado um problema de saúde isolado agora requer uma resposta coletiva urgente” afirmou o Prefeito.

Anúncio

O prefeito lembrou ainda do risco de morte causado pela dengue. “É importante ressaltar que estamos lidando não apenas com casos de dengue hemorrágica, mas também com a forma comum da doença. Além disso, há pessoas com predisposição genética à dengue, o que torna a situação ainda mais preocupante. Vamos analisar cuidadosamente os casos notificados e implementar medidas preventivas.”

O Secretário de saúde confirmou a situação preocupante não só de Corbélia, mas também pelos municípios vizinhos. Ele lembrou que uma epidemia eleva o comprometimento e uso da estrutura de saúde do município. “Assim como aconteceu na pandemia, pode acontecer na epidemia. Da gente não ter estrutura, não ter suporte para dar a essas pessoas que forem diagnosticadas com dengue. A gente sabe que é muito complicado, e que precisa de muita estrutura. A previsão é de que seja bem complicado. A gente tem que se preocupar realmente.”

“A gente precisa mais do que nunca do apoio da população. O nosso pessoal aqui vai fazer a sua parte, tenho certeza que vão fazer bem-feito, são pessoas que vão fazer o melhor possível. Mas se a população não colaborar a gente não vai chegar a lugar nenhum, e tudo que a gente vai ter é um surto muito grande de dengue.”

O Engenheiro Ambiental Augusto Tomazzoni Lubenow detalhou como será feito o trabalho nesta fase de visitas dos agentes de endemias e agentes de saúde. “Eles começam hoje, (14) no Jardim Vera Lúcia, eles estarão com um saco de ráfia, vão entrar de casa em casa, verificando se o morador conseguiu fazer toda a separação, as vezes o morador não conseguiu fazer, teve alguma dificuldade, os agentes vão estar orientando.  E para aqueles que tem muita coisa acumulada, os agentes vão estar passando pra vigilância, a gente vai tá notificando a pessoa e dando um prazo, e se a pessoa não fizer a limpeza nesse prazo, aí ele será multado.”

“A partir de segunda-feira, 19, vamos estar recolhendo os galhos, os restos de entulho e o que a gente chama de volumoso, que é geladeira velha jogada acumulando água, um sofá, um guarda-roupa, tira tudo pra fora. E a partir de segunda, vai ser feita essa recolha.”

Augusto pede que a população fique atenta a separação de cada tipo de material, e que os moradores não misturem entulhos com galhos, ou com recicláveis. “Deixem tudo para o lado de fora da casa, mas deixem cada item separado para que nossas equipes façam a coleta, porque cada item tem um destino diferente.” 

O mutirão de limpeza seguirá um cronograma específico de visita dos agentes e da recolha dos materiais, tanto recicláveis quanto entulhos e volumosos. É importante lembrar também, que caso o morador coloque o material fora da residência depois do prazo da campanha para o bairro, 23 de fevereiro, ele será notificado e multado.

Anúncio
Anúncio
Comments are closed.

Descubra mais sobre ConexãoRevista.

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading