1.269 views 3 min 0 Comment

Central de atendimento da Copel é instalada no centro de Corbélia

- 19 de março de 2024
Anúncio

O último dia 4 de março, marcou a inauguração de uma nova central de atendimento da Companhia Paranaense de Energia (Copel) em Corbélia, estrategicamente situada no centro da cidade, na Rua Hortência, 211. A concretização desse marco representa não apenas um avanço logístico, mas também uma resposta direta aos apelos da comunidade, encaminhados ao legislativo municipal.

A demanda dos munícipes foi formalizada por meio do Ofício 050/2023, revelando a necessidade da mudança na localização da central de atendimento. Inicialmente, a empresa manifestou restrições devido a contratos em vigor com prestadores de serviço terceirizados. “Em um primeiro momento a Copel relatou que a empresa prestadora de serviço que atua no município é terceirizada, assim como em outros municípios, e o contrato estava em andamento. Mas, eles se comprometeram a analisar o contrato da empresa e ver a possibilidade de atender esse pedido da população”, contou o vereador Marquinho Jandrey (MDB). Contudo, as demandas dos munícipes foram ouvidas.

Devido às inúmeras reclamações de moradores para os vereadores, relatando esse e outros problemas, no dia 26 de fevereiro, os vereadores Eli Stefanello (PODE), Marily Bloemer (PP) e Marquinho Jandrey (MDB) se reuniram com o gerente da Copel, agência de Cascavel, Marcos Vinícius Monteiro, e o gerente do departamento de serviços Oeste, Paulo Nachtygal.

Anúncio

Durante essa reunião, além da questão da nova central, foram discutidos também as recorrentes oscilações de energia que afetavam tanto a sede quanto os distritos da região. O desafio de acesso à antiga central, situada na PR-573, saída para Braganey, tornou-se um ponto crítico para muitos residentes de Corbélia, especialmente para aqueles que habitam bairros mais distantes, enfrentando trajetos de até 4 km até o escritório da empresa. Problema este que foi resolvido com a nova central.

Quanto às interrupções frequentes no fornecimento de energia elétrica, Marquinho contou que a Copel assumiu o compromisso de investigar minuciosamente suas causas. Entre os possíveis motivos, destacam-se o rompimento de cabos por quedas de galhos e árvores, assim como acidentes envolvendo veículos que colidem com postes, afetando toda a rede elétrica da cidade.

O vereador, relatou ainda melhorias substanciais após a visita à sede da Copel em Cascavel. “Após a nossa visita até à sede, o município teve melhoras significativas em relação às quedas de energia”, disse Marquinho.

Texto: Steffany Pincela/Paraná Oeste.

Comments are closed.

Descubra mais sobre ConexãoRevista.

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading