Cafelândia retoma às aulas remotas na próxima segunda-feira (08)

A secretaria de Educação e Cultura de Cafelândia, através de orientação do Núcleo Regional de Educação de Cascavel e da Secretaria do Estado, decidiu o retorno remoto às aulas na próxima segunda-feira (08) e o início das aulas híbridas após o Carnaval, dia 18 de fevereiro.

A secretária de Educação e Cultura, professora Rozane Pitol, destacou que o ensino híbrido (presencial e remoto) dependerá da ajuda de cada família cafelandense.

“Estamos montando todo o protocolo sanitário que o momento pede com salas de aulas que respeitem o distanciamento entre as carteiras, o uso de máscara de forma correta por todos (alunos, professores e profissionais), aferição de temperatura na entrada dos estabelecimentos na chegada, enfim, tudo o que for preciso para manter a segurança dos nossos profissionais e das nossas crianças. Queremos voltar sim, mas precisamos voltar com segurança. Por isso, em reunião com as diretoras, acordamos que estaremos retomando os trabalhos com os professores amanhã, dia 03 de fevereiro e na próxima semana, dia 08, estaremos iniciando o retorno das aulas remotas, com o envio das atividades para às crianças realizarem em casa”, destacou.

Ainda segundo a secretária, os pais poderão optar pelo retorno presencial da criança à escola ou a permanência dele em casa, realizando às atividades de forma remota.

“Ofereceremos todas as condições de segurança e necessárias para esse retorno às escolas, mas não podemos e não vamos obrigar ninguém. Por isso, a partir da próxima semana, dia 08, os pais serão chamados nas escolas para receberem às orientações por parte da equipe pedagógica e assinar um termo de compromisso, uma declaração de intenção em aulas presenciais ou remotas”, afirmou a secretária. Ainda segundo a secretaria de Educação, a aula presencial respeitará a lotação máxima de 50% em cada sala de aula.

“Se uma sala de aula, por exemplo, nós tivermos a autorização de 100% dos pais, nós faremos o escalonamento; 10 alunos participarão presencial e os outros 10 de forma remota, sendo que na semana seguinte faremos a inversão e assim atenderemos da mesma forma todas às crianças”, destacou Rozane.

Transporte

Em relação ao transporte escolar, nesse primeiro momento será feito apenas para os estudantes que residem na área rural. “Estaremos priorizando os alunos da zona rural, devido ao distanciamento mínimo que precisaremos manter entre os passageiros e esses residirem mais longe. Pedimos aos pais que nesse momento, aqueles que conseguirem levar seus filhos da casa para a escola, os que residem na cidade, que assim façam”, observou a secretária.

Cmeis

De acordo com a secretária de Educação, o retorno dos Centros de Educação Infantil – CMEIS – para atendimento de crianças de 0 a 03 anos não há retorno previsto ainda, já que essa faixa etária dependendo do posicionamento do Estado e de resoluções que ainda não foram estabelecidas por parte do Paraná.

Segurança

Para o retorno híbrido, com a ida presencial das crianças nas escolas, o município de Cafelândia está se organizando com cartazes, salas com adesivos indicando o posicionamento das cadeiras e carteiras e ainda com funcionários à disposição para borrifar álcool na entrada e saída das crianças. “Pedimos aos pais e familiares que repassem esses hábitos do distanciamento, o respeito com as marcações, o uso correto da máscara e o uso do álcool nas mãos. Só assim, conseguiremos atingir nossos objetivos”, encerrou a secretária, professora Rozane Pitol.

Fonte: (cafelandia.pr.gov.br)