653 views 2 min 0 Comment

Atenção: Cascavel tem médio risco para infestação da dengue e cuidados devem ser redobrados

- 14 de março de 2024

A Secretaria Municipal de Saúde, via Departamento de Vigilância em Saúde, realizou de segunda (11) a quarta-feira (13), o 2º LIRAa, Levantamento de Índice Rápido e Amostral de Aedes Aegypti. Os agentes de Endemias vistoriaram 4.802 imóveis em todas as regiões de Cascavel.

O resultado aponta índice geral de 3,2%, o que é considerado médio risco de infestação no Município. O índice preconizado pelo Ministério da Saúde é de que fique abaixo de 1%, o que configura baixo risco.

De acordo com o último boletim epidemiológico, Cascavel tem 6.863 casos confirmados da doença e uma morte. As informações foram repassadas durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (14).  

O índice de médio risco de infestação, associado às condições climáticas de muitas chuvas e altas temperaturas, favorecem a proliferação do mosquito. Dessa forma, é fundamental que a população intensifique os cuidados, sendo necessária a faxina semanal, não deixando locais que possam acumular água.

Anúncio

É o momento propício para fazer a limpeza com água e sabão de todos os depósitos fixos, bebedouros de animais, vasos plantas, eliminando qualquer ovo ali depositado, realizar o descarte adequado de todos os lixos orgânicos e recicláveis evitando que se tornem possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

O índice geral do Município ficou em  3,2%, mas algumas localidades despertam um alerta ainda mais preocupante, com índice acima da média geral,  chegando a 5,2% e 5,1%, que são considerados alto risco. Os bairros são: Esmeralda, Siena, Santos Dumont, Aeroporto, Guarujá, Quebec, XIV de Novembro, Vila Dione, Pioneiros Catarinenses, Padovani, Jardim União, Santa Catarina, Faculdade I , Universitário, Turisparque,  Itapuã e Santa Felicidade.

“O combate à dengue é dever de todos”, e a responsabilidade nos cuidados deve ser compartilhado entre a comunidade e o setor público.

Anúncio
Anúncio
Comments are closed.

Descubra mais sobre ConexãoRevista.

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading