fbpx

Vigilância volta a intensificar fiscalizações no comércio de Corbélia

A Vigilância Sanitária de Corbélia protocolou nesta quinta-feira, 06, na ACICORB (Associação Comercial e industrial de Corbélia) um ofício solicitando ajuda para divulgação aos associados da obrigatoriedade do uso de máscara em todos os estabelecimentos do município. Nos próximos dias as equipes de saúde sairão as ruas realizando novas fiscalizações para garantir que o comércio cumpra com as exigências.

A representante da Vigilância Sanitária Viviane Algayer Gomes relembra que o uso da máscara continua obrigatório seja dentro dos estabelecimentos comerciais, ou em vias públicas. Segundo ela, é preciso que a população retome com os cuidados extremos devido a alta no número de casos não só de COVID-19 em todo o mundo, como também da Influenza H3N2.

Na véspera de Ano Novo os próprios comerciantes entraram em contato com a vigilância denunciando estabelecimentos que não estavam seguindo as regras de uso de máscara, e que muitos clientes também insistiam em não cumprir as obrigatoriedades.

“A gente teve denúncias dos próprios comerciantes que tinham outros comércios que não estavam mais usando máscara e que as pessoas tentavam entrar sem máscara no estabelecimento, e eles não sabiam o que orientar. Questionaram por que em um lugar estava usando a máscara e em outro não.”

Com tantas dúvidas e descumprimentos das medidas as equipes saíram as ruas para orientar os comerciantes e em especial os clientes. “A gente resolveu passar no comércio como uma forma orientativa e explicando que a lei do uso de máscara se mantém e é obrigatório e passível de multa. Tentamos fazer com que conscientize o pessoal a usar a máscara.”

Durante a fiscalização as equipes encontraram comércios em que os proprietários não estavam utilizando máscara. “Alguns usam, cuidam certinho, mas existem vários estabelecimentos na cidade de que os próprios atendentes estavam sem o uso de máscara.”

Diante dos relaxamentos e também dos cenários de aumento considerável dos casos de Covid-19, e a chegada da nova gripe Influenza A (H3N2), as duas com elevadas taxas de transmissibilidades, o Setor de Vigilância em Saúde de Corbélia está preocupado em manter o controle no número de casos.

E para manter esse controle a decisão é reforçar as fiscalizações no comércio local no que tange a obrigatoriedade do uso de máscaras e de álcool em gel pelos proprietários, funcionários e clientes que frequentam o comércio. A Secretaria Municipal de Saúde está retomando com todas as estruturas de equipes de trabalho de enfrentamento a pandemia como explica a Secretária de Saúde Cleide Santos.

“E conforme as orientações da Secretaria de Estado da Saúde é para retornar com os cuidados que já vinham sendo preconizados: uso da máscara distanciamento social, a higiene das mãos e enfim. Ontem (06) emitimos um documento para a ACICORB com as orientações para todo o comércio de Corbélia de que as equipes da vigilância em saúde estarão fazendo fiscalização a esses cuidados.”

E a preocupação com o aumento de casos se estende aos agravantes da H2N3 e da própria variante da COVID-19, a Ômicron. “Então o cuidado tem que ser dobrado e nós dependemos de que o comércio também cobre a população em relação à utilização de máscara e todos demais cuidados que nós já falamos.”

Se o cenário não mudar a Secretária já fala em intensificar as restrições e chega a citar o possível fechamento do comércio, se necessário. “Sem mudanças daqui um pouco talvez seja necessário o fechamento do comércio, que é umas das medidas mais severas para contenção da doença. Nós já temos percebido um aumento significativo dos atendimentos no pronto atendimento em unidades básicas de saúde.”

Somente nesta sexta-feira, 07, havia 22 agendamentos para coleta de exames de RT-PCR no Ambulatório COVID. A tendência é que na próxima semana o número de casos confirmados volte a aumentar.

Conteúdo Protegido