Sicredi tem aumento na concessão de crédito para energia solar

O Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 6 milhões de associados e presença em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, contabilizou um total de R$ 882 milhões em crédito destinado a projetos de energia solar no Brasil, entre janeiro e abril deste ano. O valor representa um aumento de 58% em relação ao mesmo período de 2021, que foi de R$ 560 milhões.

Do total de financiamento concedido no primeiro quadrimestre deste ano, 50% foram destinados a empresas, 33% a pessoas físicas e 17% ao agronegócio. A carteira de crédito do Sicredi para a finalidade atingiu R$ 5 bilhões em abril, o que representa um aumento de 84% no saldo em relação ao mesmo período de 2021.

Incentivos à energia solar

Um dos motivos do crescimento dos projetos de energia limpa é o diferencial no trabalho realizado em parceria pela instituição com as empresas instaladoras. O modelo possibilita que o financiamento de instalação obtido no Sicredi já seja depositado diretamente na conta dessas empresas, facilitando o processo para seus associados.

Como forma de ampliar sua atuação no fomento de soluções sustentáveis, o Sicredi criou em 2021 uma área de Finanças Sustentáveis, dedicada à captação de recursos para a geração de valor à sociedade e ao meio ambiente. Em 2021, essa estrutura coordenou a captação de

US$ 120 milhões junto à International Finance Corporation (IFC), membro do Banco Mundial, focada em atender à crescente demanda por crédito destinado à instalação de sistemas de energia solar.

Fonte: Assessoria

Conteúdo Protegido