fbpx

Sequestro dura mais de 18 horas em Cafelândia sem negociação

Foto: Catve

Foto: Catve

O sequestro que chocou os moradores do município de Cafelândia já dura mais de 18 horas sem interesse de negociação por parte do sequestrador de 39 anos. Os dois enteados do homem, adolescentes de 12 e 14 anos, seguem como reféns na casa localizada no Rua Elizabeta Pereira, no Bairro Benjamim Antônio Motter.

Os policiais do BOPE de Curitiba chegaram ao municípios para tentar a negociação, e ainda não trabalham com a possibilidade de invadir o local, para manter a integridade dos reféns.

O sequestrador seguiu em diálogo com os policiais durante toda a noite, mas apresentou instabilidade no comportamento.

A motivação do sequestro ainda não foi informada, uma vez que o sequestrador oferece poucos detalhes sobre o crime.

Os adolescentes foram feitos de refém por volta das 13h de segunda-feira (2), mas a Polícia Militar foi acionada apenas no meio da tarde, após a família não ter sucesso em negociação com o sequestrador.

De acordo com familiares, o homem tem problemas psiquiátricos e já foi internado por alcoolismo.

Curta a Conexão Revista no Facebook, e tenha notícias de Corbélia, Anahy, Braganey, Iguatu, Cafelândia e Nova Aurora.

https://www.facebook.com/conexaorevista/

Conheça a Conexão Revista versão impressa. Lançamos uma nova edição a cada 90 dias.

Leia a última edição agora, basta clicar na imagem ao lado! E boa leitura! 

%d blogueiros gostam disto: