fbpx

Semeadura da soja chega a 35% na área de atuação da Copacol

A soja, que é a maior aposta do produtor rural enquanto cultura de verão, está sendo instalada a campo com boas perspectivas de produtividade. As chuvas registradas nos últimos dias têm animado os produtores, que depois de um período de estiagem, estão empenhados no plantio da cultura.

Aproximadamente 15% da área a ser cultivada já tinha sido semeada ainda no fim de setembro, em áreas onde houve registros de alguns volumes de chuva, caso das unidades de Bom Principio, em Toledo, e Palmitolândia, em Tupãssi, locais onde o plantio já chega 85%.

Após a chuva do fim de semana, os produtores voltaram a campo na terça e quarta-feira, dias 5 e 6, e deram mais um passo rumo ao plantio que já chega a 35% na média geral da Cooperativa.

Outras unidades onde o plantio também está avançado são nas Unidades Melissa, em Cascavel, com 70% da área semeada, Central Santa Cruz, com 55%, Pérola do Oeste, na região Sudoeste, e Universo, em Nova Aurora, com 40%.

Os produtores aguardam melhores condições do solo, que ainda está com muita umidade, para retomar o plantio e se mostram animados diante das boas condições climáticas.

“Os produtores devem ser cautelosos com as semeaduras em solos com teores elevados de umidade. Além da má distribuição das sementes e da compactação, semeaduras com solo excessivamente úmido podem acarretar em selamento superficial, caso ocorram chuvas pesadas após a operação, o que pode levar a falhas na emergência das plântulas de soja e inclusive necessidade de ressemeadura a depender da intensidade do fenômeno”, alerta o gerente técnico, Tiago Madalosso.

Fonte: Assessoria Copacol

Conteúdo Protegido