Segunda fase da vacinação contra gripe é retomada em Corbélia

Foto: Gilson Abreu/ANPr

A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começa nesta quinta-feira (16) e segue até o dia 09 de maio em Corbélia, e em todo o País.

Nesta fase serão considerados grupos prioritários os profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários, além de indígenas.

Em Corbélia foram montados apenas dois pontos de vacinação, o primeiro deles é na Escola Municipal Castro Alves. Já a segunda opção é o Drive Thru de vacinas que está sendo realizado ao lado do ginásio de esportes (para a população que puder se descolar de carro até o local). O horário de funcionamento é das das 08h às 11h30min e das 13:30 às 16h30min.

A prefeitura pede que a população evite aglomerações e contato pessoal nos pontos de vacinação, levando em consideração o momento de Pandemia de coronavírus que estamos vivenciando.

Grupos prioritários e documentação necessário para garantir a vacinação

• Profissionais das forças de segurança e salvamento;
• Portadores de doenças cronicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;
• Funcionários do sistema prisional;
• Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas;
• População privada de liberdade;
• Caminhoneiros, motoristas de trasporte coletivo e portuários.

Documentos necessários;
• Para motoristas: comprovante como contracheque, RG, crachá da empresa, CNH com categorias C, D ou E;
• Para pacientes com comorbidades: pedido Médico por escrito, ou receita de medicação de uso contínuo;
• Para os demais: documento que comprove sua condição como: funcionários do sistema prisional, profissionais das forças de segurança e salvamento, adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas.

Com relação às Doenças Crônicas que indicam a aplicação da vacina, SOMENTE as que estão listadas a baixo serão contempladas:

DOENÇAS RESPIRATÓRIAS CRÔNICAS:
Asma (moderada ou grave);
Doenças pulmonar obstrutiva cônica (DPOC);
Bronquiectasia;
Fibrose cística;
Doenças intersticiais do pulmão;
Displasia bronco pulmonar;
Hipertensão arterial pulmonar;
Crianças com doenças pulmonar crônica da prematuridade;

DOENÇA CARDÍACA CRÔNICA:
Doença cardíaca congênita;
Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade;
Doença cardíaca isquêmica;
Insuficiência cardíaca;

DOENÇA RENAL CRÔNICA:
Doença renal estágio 3,4 e 5;
Síndrome nefrótica;
Paciente em diálise;

DOENÇA HEPÁTICA CRÔNICA:
Atresia biliar;
Hepatite crônica;
Cirrose.

DOENÇA NEUROLÓGICA CRÔNICA:
Condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica;
Considerar necessidade clínica individual do paciente: acidente vascular cerebral, paralisia cerebral, esclerose múltipla e similares;
Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular;
Deficiência neurológica grave;

DIABETES:
Mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamento.

IMUNOSSUPRESSÃO:
Imunodeficiência congênita ou adquirida;
Imunodeficiência por doenças ou medicamentos.

OBESOS:
Obesidade grau III

TRANSPLANTADOS:
Órgãos sólidos;
Medula óssea.

PORTADORES DE TRISSOMIAS:
Síndrome de Down, síndrome de Klinefelter, síndrome de Wakany, dentre outras trissomias.

A vacinação deste grupo deve ser feita em todos os postos de saúde. No entanto, mantém-se a necessidade de prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina, que deverá ser apresentada no ato da vacina.

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: