Sabor e nutrição: merendeiras de Anahy passam por capacitação com nutricionista

A hora da merenda é sagrada para os alunos, e ter no prato alimentos saborosos e principalmente nutritivos e que atraiam o paladar infantil é um desafio para as merendeiras. Na quarta-feira, 20, as servidoras passaram um dia inteiro de treinamento e capacitação junto a nutricionista do município Joyce Rotta.

A capacitação tem o objetivo de aperfeiçoar, diversificar e inovar as preparações oferecidas nas unidades escolares. Durante todo o ano letivo são ofertadas aproximadamente 540 refeições por dia através do Programa Nacional de Alimentação Escolar e investimento da Administração Publica.

O principal pedido vindo das servidoras é que sejam ensinadas receitas práticas que possam ser desenvolvidas no horário que possuem antes dos horários de intervalo. O pedido vem de encontro com o desejo dos alunos em comer pizza por exemplo. “Nós procuramos receitas mais saudáveis, e que dariam tempo de ser produzidas dentro das unidades e que são viáveis, e testamos como seria fazer essas receitas.”

“Foram produzidos bolos sem açúcar e com aveia, muffim, cookies integrais de banana e ameixa, omelete de forno com legumes, panqueca nutritiva, suco cítrico nutritivo e uma pizza escolar.”

Com as receitas prontas todas elas puderam provar, e discutir quais eram as viáveis para colocar em prática e oferecer aos alunos.

“Essas preparações foram testadas e aprovadas por nossas merendeiras e serão introduzidas em nossos cardápios no segundo semestre para diversificar e deixar ainda mais saudável, nutritivo e atrativo para nossos alunos. “Discutimos se seria viável fazer em cada unidade escolar, com os públicos diferentes que a gente tem em questão de idade e gosto que eles têm e decidimos o que será e o que não será aplicado nesse segundo semestre.”

A aprovação final de cada merenda ficará por conta dos alunos. “Nós vimos que são receitas que dá para serem feitas dentro do ambiente escolar, que a gente imagina que eles vão aceitar, mas agora a gente testar realmente com eles para saber qual vai ser a aceitação desses alunos e se isso vai poder ficar com frequência no nosso cardápio, ou não.”

Participaram as merendeiras da Escola Municipal Vinicius de Moraes, CMEI Menino Jesus, CMEI Anna Limpo Felisberto e a nutricionista Joyce Rotta responsável pela alimentação escolar do município.

Conteúdo Protegido