fbpx

Projeto Plantando Flores já distribuiu mais de 55 mil mudas em Corbélia

Corbélia faz jus ao nome de cidade das flores após o projeto feito sob a responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do município. O projeto “Plantando Flores” ainda é novo, criado no início de 2018, e já conseguiu atingir a marcar de mais de 55 mil mudas plantadas no município, com a ajuda de muitos voluntários e boa vontade. A ideia partiu de uma necessidade do município na gestão de equipes para plantar mudas na cidade, como conta o Diretor do Departamento de Agricultura, Marcio Vieira.

“O projeto já tem dois anos, e surgiu na quantidade funcionários pequena para lidar com esse plantio, e a necessidade do plantio rápido, e as mudas vem no máximo em dois dias elas precisam estar plantadas, não pode deixar passar, então a ideia surgiu em juntar as pessoas que tem boa vontade, convidando para participar, para que pudesse fazer o plantio o mais rápido possível”.

O programa conseguiu unir todas as igrejas do município, Adventista, Católica, Luterana e Metodista, que disponibilizaram voluntários para fazer o plantio que duram em média, um dia.

O plantio é dividido em duas partes, de inverno e verão, sendo a última etapa feita no dia 13 de outubro em Corbélia, onde 15 mil mudas foram distribuídas, e 40 voluntários reunidos para plantar as mudinhas entregues pela secretaria. Em outras etapas, o Plantando Flores teve a presença de mais de 70 voluntários.

O projeto não conta com cadastro de voluntários pela demanda. Em cada etapa, os grupos são avisados com antecedência, para que possam se organizar. O departamento disponibiliza água e lanche para os participantes do programa.  “Essas pessoas que se dispuseram a estar nos ajudando viraram parcerias praticamente fixas, então a cada plantio a gente pode estar contando com a colaboração deles”, explica o diretor.

A próxima etapa de inverno do projeto está prevista para março, onde mais mudas serão distribuídas. Apesar do bom funcionamento do Plantando Flores, a secretaria responsável ainda não pretende aumentar o projeto.

“Na verdade a gente conta com essa colaboração que é suficiente, o convite sempre é aberto a quem queira participar, mas não é fácil você poder montar essas equipes, quando a gente normalmente faz o convite, tenta juntar o número de pessoas antes do plantio, então a gente não pode também ficar fora do controle, porque não sabe quantas pessoas vão, às vezes vai menos ou mais”.

Curta a Conexão Revista no Facebook, e tenha notícias de Corbélia, Anahy, Braganey, Iguatu, Cafelândia e Nova Aurora.

https://www.facebook.com/conexaorevista/

Conheça a Conexão Revista versão impressa. Lançamos uma nova edição a cada 90 dias.

Leia a última edição agora, basta clicar na imagem ao lado! E boa leitura! 

%d blogueiros gostam disto: