ConexãoRevista.
30 Views 2 min 0 Comentário

Polícia Federal deflagra operação contra fraudes bancárias

- Estado
10 de outubro de 2023
Anúncio

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira, 10, a Operação BANK SLIP com o objetivo de desarticular Organização Criminosa que vinha praticando fraudes bancárias eletrônicas.

A operação faz parte do Projeto Tentáculos, que tem como um dos principais pilares um Acordo de Cooperação Técnica entre a Polícia Federal e instituições bancárias para o combate às fraudes bancárias eletrônicas.

A partir da análise de processos de contestação da Base Nacional de Fraudes Bancárias Eletrônicas e de diligências de campo, foi possível identificar integrantes da Organização Criminosa em Maringá/PR e Redenção/PA.

Anúncio

Até o momento, verificou-se que a Organização Criminosa foi responsável pelo prejuízo de R$ 70 mil apenas à Caixa Econômica Federal e no curto intervalo de 15 dias. Este valor foi movimentado de 22 contas bancárias vítimas para 16 contas bancárias beneficiárias por meio de boletos bancários.

Agora, as investigações prosseguem para a identificação de novos membros e fraudes bancárias eletrônicas praticadas da organização criminosa.

Com o objetivo de descapitalizar a Organização Criminosa, foram também determinados os sequestros dos bens móveis, bem como o bloqueio das contas bancárias de 14 investigados.

Ao todo, foram mobilizados cerca de 12 Policiais Federais para o cumprimento de 3 mandados judiciais expedidos pela 3ª Vara Federal de Maringá/PR, para as cidades de Maringá/PR e Redenção/PA.

O nome BANK SLIP faz referência à utilização de boletos para transferir os valores das vítimas. Os envolvidos deverão responder pela prática dos crimes de furto qualificado pelo uso de dispositivo eletrônico ou informático e organização criminosa. Esses crimes possuem penas máximas que, somadas, podem chegar a 16 anos de prisão.

Fique por dentro das notícias em tempo real! Junte-se ao nosso grupo do WhatsApp e seja o primeiro a receber as últimas atualizações. Clique aqui para participar.

Anúncio
Comentários do Facebook
Os comentários estão fechados.

Descubra mais sobre ConexãoRevista.

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading