Pacientes reclamam de descaso de médica com horários de consultas em Corbélia

Pela segunda semana seguida a Conexão Revista recebeu denúncias de diversos pacientes que enfrentam problemas para serem atendidos por uma médica na Unidade Básica de Saúde José Gioppo. As denúncias são de que a médica não estaria cumprindo com os horários agendados com os pacientes.

Na sexta-feira, 25 de junho a reclamação, de um paciente que pediu para não ter a identidade revelada, foi de que mesmo com o agendamento a médica não compareceu e todos foram avisados depois de aguardarem por muito tempo. Os pacientes com consultas clínicas foram atendidos no sábado, 26, mas os que aguardavam para procedimentos, só foram reagendados para hoje, 02.

Nesta sexta-feira, 02, a nova reclamação veio de uma paciente que aguardava desde os primeiros horários da manhã para ser atendida, no entanto, a Doutora só compareceu a unidade após as 10h. Ela deu início aos atendimentos e deu prioridade aos idosos que também já aguardavam desde cedo. Até às 11h30min, quando recebemos a denúncia, a médica havia atendido apenas dois pacientes.

Por telefone a responsável pela Unidade Daiana Santos confirmou as duas situações, segundo ela no dia 25, os pacientes foram reagendados, e a equipe fez o possível para que ninguém ficasse sem atendimento. “A Dra. teve problemas médicos com o filho e por isso não compareceu. Mas, ela cumpriu com os atendimentos no dia seguinte.”

Já quanto ao horário de chegada da médica, Daiana confirmou que é comum que ela chegue por volta das 10h, justificada pelo fato de que a médica mora em Cascavel.

A médica atende na UBS todas as sextas-feiras, são 15 consultas e dois procedimentos que podem ser agendados. Ela é servidora efetiva, e recebe o salário de R$12.627,19, com carga horária semanal de 20h.

A Secretaria Municipal de Saúde foi procurada e aguarda retorno.

Conteúdo Protegido