Nova Aurora mantém decreto, e comércio segue fechado


Você está lendo esta notícia no site Conexão Revista. Um portal de notícias independente e feito por jornalistas com informações sobre tudo o que acontece em Corbélia e região.

O município de Nova Aurora não reabrirá o comércio antes da data estabelecida nos decretos 152,160, 161 e 162/ 2020, 06 de Abril.

A decisão veio depois da recomendação emitida pela Associação dos Municípios do Oeste do Paraná – AMOP, na tarde desta segunda-feira, 30.

Desde o dia 21 de março até o dia 06 de abril, estarão suspensos todos os atendimentos presenciais ao público em estabelecimentos comerciais em funcionamento no município de Nova Aurora.

Os estabelecimentos deverão ficar de portas fechadas e não receber o público em seus interiores. A proibição também se aplica a clubes, academias, salões de beleza, jogos e competições esportiva.

Estará suspenso ainda o funcionamento dos seguintes estabelecimentos e atividades: Casas noturnas, pubs, lounges, tabacarias, boates e similares, academias de ginástica, musculação, e similares, clubes, associações recreativas e afins, áreas comuns, playground, salões de festas, piscinas de uso coletivo, galerias comerciais, comércio varejista e atacadista, cultos e atividades religiosas que reúnam mais que 10 (dez) pessoas; lojas de conveniência e assemelhadas anexas a postos de combustíveis, obras de construção civil que empreguem mais de 10 (dez) pessoas, pesqueiros, pesque-pague e congêneres.

Ainda segundo o decreto, a suspensão prevista no artigo anterior estende-se ao atendimento presencial ao público nos estabelecimentos prestadores de serviços privados à saber: escritórios em geral; centros de Estética, barbearias, cabeleireiros e congêneres; agências de Turismo. O Decreto conta com suspensão parcial e restrita aos casos de urgência e emergência em relação aos seguintes estabelecimentos, clínicas odontológicas e clínicas Veterinárias, vedadas as operações de PET SHOP.

Ainda de acordo com as normativas, para as instituições financeiras, o decreto trata ainda que deverão atender ao contido no Ofício Circular 3.991 de 19 de março de 2020 do Banco Central do Brasil, todavia, o município de Nova Aurora recomenda-se às mesmas que igualmente suspendam o atendimento presencial nas agências.

Segundo o Decreto, restaurantes, bares e lanchonetes deverão tão somente funcionar com o sistema delivery (entrega a domicílio). Fica ainda proibido o consumo de bebidas alcóolicas em passeios públicos vias, públicas, pátios de postos de combustíveis, estacionamentos e espaços públicos.

Deverão ser mantidas as atividades essenciais, tais quais serviços de saúde, urgência, emergência e internação, farmácias, clínicas veterinárias, postos de combustíveis, distribuidoras de água e gás, serviços funerários, mercearias, mercados, supermercados, padarias e coleta de lixo. O horário de atendimento dos mercados e supermercados fica estabelecido entre as 8hs e 18hs de segunda à sábado. Estabelece-se, ainda, as seguintes medidas com o intuito de evitar o fluxo e aglomeração indevida de pessoas: limitação de entrada e permanência de pessoas nos interiores de mercados e supermercados; limitação da permanência em velórios e cerimônias fúnebres de no máximo 10 (dez) pessoas e proibição de reuniões, palestras, cursos, cerimônias, comemorações, festejos e toda e qualquer aglomeração que reúna mais que 10 (dez) pessoas, sejam em locais públicos ou particulares, incluindo residências.

Em nota, a AMOP, orientou às prefeituras a realizar tais medidas já que diante do aumento do número de casos confirmados e do aparecimento do primeiro óbito regional decorrente do coronavírus, a atitude responsável e motivada pela preservação da vida, é primar pela integração de todos em torno de diretrizes técnicas, até que se alcance a estabilização do cenário, para que, então, nova medida seja sugerida.

Outro fator que pesou na nova recomendação da AMOP foram posicionamentos do secretário estadual de Saúde, Beto Preto, contrário à medida adotada pela AMOP e em defesa da manutenção do isolamento social, em consonância com linha de pensamento defendida com o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, que justificaram publicamente que o SUS precisa de mais tempo para estruturar a rede pública para atendimento adequado e evitar o colapso do sistema, o que impediria o atendimento dos pacientes, no período crítico que se avizinha.

Ainda segundo a nota, a AMOP, reforça ainda que, junto com o MP, Regionais de Saúde, Caciopar e outras entidades da sociedade organizada regional, dentro do espírito de união de forças em prol do bem comum, manterá a atuação também focada na reabertura planejada das empresas não consideradas essenciais, já liberadas por decreto estadual, com respeito a protocolos de sanidade recomendados pelas autoridades de saúde.

O prefeito Pedro Leandro Neto, destacou que Nova Aurora vai seguir todas as recomendações do Ministério da Saúde e do Governo do Estado, mantendo assim isolamento social e quem infringir a determinação, poderá ser penalizado, conforme o Decreto 161/2020.

Fonte: Prefeitura de Nova Aurora

Envie sugestões de pautas, fotos ou videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você (45) 9 9958-3996 ou Receba notícias da Conexão Revista no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Envie sugestões de pautas, fotos ou videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você (45) 9 9958-3996 ou Receba notícias da Conexão Revista no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: