168 views 2 min 0 Comment

Megaoperação contra o crime organizado é deflagrada no Paraná e mais quatro estados

- 6 de fevereiro de 2024

As forças de segurança deflagraram uma megaoperação contra uma organização criminosa em Quedas do Iguaçu.

A ação, que foi deflagrada na manhã desta terça-feira, 6, é conduzida pela Polícia Civil do Paraná (PCPR), Polícia Militar (PMPR) e Polícia Penal do Paraná (PPPR), e visa cumprir 103 ordens judiciais relacionadas a atividades ligadas ao tráfico de drogas, homicídios e furtos na região oeste do estado.

Entre as ordens, estão incluídos 53 mandados de busca e apreensão, além de 50 de prisão preventiva. As diligências ocorrem de forma simultânea em diversas cidades paranaenses, como Quedas do Iguaçu, São João, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Lindoeste, Três Barras do Paraná, Cascavel e Espigão Alto do Iguaçu, e também em municípios de outros estados, como Campinas/SP, Mundo Novo/MS, Sapezal/MT e Indaial/SC.

Anúncio

A operação conta com o apoio das polícias civis de Santa Catarina, São Paulo e Mato Grosso do Sul, além da Secretaria de Segurança do Mato Grosso. Mais de 300 policiais participam da ação, que utiliza helicópteros da PCPR e PMPR, bem como cães policiais, para auxiliar nas buscas.

O objetivo da operação é combater o tráfico de drogas e prender indivíduos ligados a homicídios e furtos ocorridos na região de Quedas do Iguaçu. A investigação revelou que os crimes estão relacionados a disputas pelo controle do tráfico de entorpecentes na área.

Durante o ano de 2023, foram registrados 19 homicídios consumados e 11 tentativas no município. A PCPR conduziu investigações complexas, identificando conexões entre os crimes e o domínio do tráfico local.

Os crimes apurados incluem homicídio consumado e tentado, tráfico de drogas, associação para o tráfico, roubo agravado, furto qualificado e feminicídio.

Fique por dentro das notícias que são destaques em Corbélia e região. Clique Aqui e siga nosso Canal no Whatsapp.

Anúncio
Anúncio
Comments are closed.

Descubra mais sobre ConexãoRevista.

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading