339 views 3 min 0 Comment

MAC abre novo capítulo na arte de Cascavel com a exposição “Metamorfose”

- 2 de julho de 2024
Anúncio

A Secretaria de Cultura de Cascavel inaugura hoje (2) a exposição “Metamorfose” da artista cascavelense Prisoranso, na Sala Verde da Biblioteca Pública Municipal Sandálio dos Santos que fica na Rua Paraná, 2786, Centro. O evento de abertura será realizado das 19h às 21h.

Ouça a reportagem clicando no card

A mostra faz parte de uma série de 30 exposições planejadas para o ano de 2024 pelo Museu de Arte de Cascavel, um feito inédito no interior do estado do Paraná.

Prisoranso, conhecida por suas técnicas únicas e seu profundo conhecimento sobre pigmentos naturais, apresenta em “Metamorfose” uma coleção de obras que revelam cores e artes produzidas com extratos naturais. O processo de criação é meticuloso e envolve a coleta de plantas em épocas específicas, seguido por um método ancestral de extração de pigmentos, que pode levar meses. Cada cor resultante é única, refletindo as condições climáticas e ambientais do período de coleta.

Anúncio

A exposição traz à tona a “tinta viva”, um conceito onde as cores vegetais são sensíveis à luz, mudando e evoluindo com o tempo, conferindo às obras novos significados e nuances. O acervo da artista inclui mais de 90 cores diferentes, obtidas ao longo de mais de cinco anos de pesquisa e experimentação durante a pandemia.

A exposição é dividida em duas séries principais: “Solidão” e “Já Fui Planta, Hoje Sou Cor”. A série “Solidão”, produzida em 2023, explora a caminhada solitária da mulher moderna por meio de cores e pigmentos naturais. As obras refletem sentimentos de solitude e a delicadeza do cotidiano, com um olhar sensível sobre as nuances dos dias.

Por outro lado, a série “Já Fui Planta, Hoje Sou Cor”, criada em 2024, mergulha no tema da transformação e mudança, inspirada na biomimética. Esta série utiliza técnicas como ecoprint e aquarelas para capturar a essência das plantas tintórias, criando um espaço de trocas e renovações, simbolizando a simbiose natural.

Uma viagem sensível e inovadora
A abertura da exposição contará com a presença da artista Prisoranso, proporcionando uma oportunidade única para os visitantes se envolverem diretamente com as histórias e processos por trás de cada obra. “Metamorfose” é uma celebração da arte natural, da transformação e do sentimento de pertencimento, convidando o público a uma jornada sensorial e emocional.

Não perca a chance de explorar o mundo das cores naturais nessa incrível exposição. A “Metamorfose” estará aberta ao público de 02 a 26 de julho de 2024, na Sala Verde da Biblioteca Pública Municipal Sandálio dos Santos e é aberto à visitação gratuitamente de segunda a sexta, das 8h às 18h.

Comments are closed.

Descubra mais sobre ConexãoRevista.

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading