Corbélia receberá 51 kits de testes rápidos do Covid-19 para profissionais de saúde

Laboratório Central do Estado - LACEN - Recepção de amostras para teste do Coronavirus. Curitiba, 01/04/2020 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN

A Secretaria de Atenção Primária à Saúde divulgou nota técnica sobre o método de distribuição adotado pelo Ministério da Saúde em relação à disponibilização de testes rápidos para detecção de anticorpos contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2), assim como o quantitativo que será distribuído aos Estados. Os testes devem ser disponibilizados conforme as recomendações de grupos prioritários para realização do teste.

Foi definido que o grupo prioritário é formado por profissionais que atuam na Atenção Primária à Saúde, nos serviços de urgência, emergência e internação, nos profissionais de segurança pública e nos contatos domiciliares daqueles que atuam em saúde os grupos a serem priorizados.

O Ministério da Saúde definiu esse como o grupo prioritário a partir de dados de outros países que mostram que até 15% dos profissionais de saúde podem ser infectados pelo SARS-CoV-2 [6].

A maior parte dessas pessoas irá desenvolver quadros leves, mas mesmo assim, devem realizar isolamento domiciliar, cuidando da sua saúde e evitando a disseminação da COVID-19, especialmente para os grupos mais vulneráveis. Os profissionais de saúde também devem realizar isolamento quando forem contatos domiciliares de alguma pessoa sintomática

Como essa população a força de resposta essencial nesse momento (assim como os profissionais de segurança pública), é importante que sejam adotadas medidas que mantenham a atuação dos profissionais de saúde e segurança e manutenção da medidas de controle para proteção efetiva.

A partir desse cenário, o Ministério da Saúde pretende disponibilizar gradualmente testes rápidos para detecção de anticorpos contra SARS-CoV-2 aos serviços de saúde, recomendando a sua realização, em pessoas sintomáticas, que se enquadrem em uma das seguintes categorias: profissionais de saúde em atividade; profissionais de segurança pública em atividade; pessoas com diagnóstico de Síndrome Gripal que resida no mesmo domicílio de um profissional de saúde ou segurança em atividade.

A distribuição dos testes pelo MS para as Secretarias Estaduais de Saúde atende a estes parâmetros: número de casos confirmados do estado; tipologia do município segundo o IBGE; total de profissionais de saúde; total de profissionais de segurança pública.

Corbélia

Compete aos estados a distribuição dos testes aos municípios. E a cidade de Corbélia receberá 51 testes rápidos, quantidade baixa em comparação ao número de profissionais de saúde que estão atuando na linha de frente do COVID-19.

Fonte: CONASEMS

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: