Você está lendo esta notícia no site Conexão Revista. Um portal de notícias independente e feito por jornalistas com informações sobre tudo o que acontece em Corbélia e região.

Participação, convivência e protagonismo são trabalhados em ações com jovens e idosos em programa de fortalecimento de vínculos realizado em Anahy

Para Crianças e Adolescentes

A adolescência pode ser considerada difícil tanto para os pais, quanto para os jovens. O momento de formação gera dúvidas, altera comportamentos e também molda o ser humano. Foi com objetivo de formar cidadãos ativos e com mais oportunidades que o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos foi desenvolvido para Crianças e Adolescentes de 6 a 15 anos e realiza uma série de trabalhos por meio do Serviço de Proteção Social Básica,  do Departamento de Assistência Social de Anahy . O trabalho busca a constituição de espaço de convivência, formação para a participação e cidadania, além do desenvolvimento do protagonismo e da autonomia das crianças e adolescentes.

O Diretor do departamento Jhone Camapum conta que “o serviço é realizado em grupos e atividades proporcionam aos adolescentes maior interação e principalmente a formação do cidadão.” Dessa maneira é possível trabalhar nojovem as suas formas de expressão, interação, aprendizagem, sociabilidade egarantir à ele a proteção social.

Entre as ações desenvolvidas estão lúdicas, culturais e esportivas. “Ofertamos oficinas de circo e teatro, artesanato, música, capoeira, esportes, inclusão digital e mais os trabalhos diários com as falas sobre a convivência e o dia adia” finaliza.

Para a 3ª Idade

A temática acerca do envelhecimento provoca o debate e a reflexão sobre o papel e o lugar da pessoa idosa na sociedade e suas possibilidades de contribuição. Por isso o Programa de Fortalecimento de Vínculos desenvolvido pelo Departamento de Assistência Social de Anahy desenvolve a concepção da velhice, como uma das fases do desenvolvimento humano com suas perdas e ganhos, constitui-se como a base para o debate e reflexão entre os próprios idosos do município.

 Entre as atividades desenvolvidas está a oficina de bordado em chinelos, que frequentemente forma mulheres. O Diretor do departamento Jhone Camapum explica que o objetivo é fazer com que essas pessoas também não parem de atuar na comunidade depois da idade avançada. “Com idosos ativos, participantes de atividades e envolvidos com outras pessoas nós conseguimos prevenir doenças comuns nessa idade, como a depressão”.

O programa leva em consideração a valorização das experiências vividas, releva as formas privilegiadas de expressão, interação e proteção social, e a vivência em grupo. Constantemente são realizadas experimentações artísticas, culturais,esportivas e de lazer, que estimulam e potencializam a capacidade de participação em comunidade.

Envie sugestões de pautas, fotos ou videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você (45) 9 9958-3996 ou Receba notícias da Conexão Revista no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: