fbpx

Cafelândia inicia obras de infraestrutura na Avenida Desembargador Munhoz de Mello

O município de Cafelândia inicia nesta segunda-feira (08), obras de melhorias na Avenida Desembargador Munhoz de Mello, entre a Avenida Antônio Lustosa e a rotatória da Ângelo Faé.

Ao todo R$ 500 mil serão investidos em recursos financiados através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano – SEDU PR. “Nesta primeira etapa estaremos realizando a remoção da base e na sequência o recape com CBUQ, afinal, inúmeros recapes já foram realizados e não surtiu o efeito desejado já que o trânsito dessa Avenida é bastante intenso e pesado, por isso, estaremos realizando a remoção por completo, para que na sequência o novo asfalto possa ser feito. Um asfalto mais denso, que consiga suportar o tráfego”, destacou o prefeito de Cafelândia, Dr. Culestino Kiara.

Na última semana, o secretário de Administração e Planejamento, Elias Diniz; juntamente com o secretário de Viação e Obras, Leonardo Koehler estiveram visitando o local da obra e estudando o projeto. A empresa – IMAP – vencedora do certame licitatório e o departamento de Engenharia, que realizou o projeto, estiveram junto participando da visita.

“Aproveitamos a oportunidade e nos reunimos com a Copacol, pois pelos próximos dias sabemos que o fluxo será mais intenso com às obras. Desvios serão realizados e até alguns transtornos, que toda obra apresenta. Com muito diálogo e conversa, alinhamos todas as demandas necessárias, mudanças de fluxos que devem ocorrer para que possamos fazer as obras necessárias para o desenvolvimento de Cafelândia.

A previsão de início de obra é para segunda-feira (08) e término previsto em contrato de até 90 dias. “Pedimos a paciência da nossa população, da nossa gente. Sabemos que é uma Avenida muita movimentada, estaremos realizando desvio de fluxo, de rota, enfim, tudo muito bem sinalizado e explicado, mas em breve a Desembargador Munhoz de Mello estará ‘novinha’ em folha”, encerrou o prefeito.

Todos os desvios, mudanças de sentido e de rota serão feitos conforme o cronograma da obra e sempre sinalizados e informados à comunidade.

Fonte: Assessoria

Conteúdo Protegido