Imagem
ConexãoRevista.
101 Views 3 min 0 Comentário

Apesar do clima chuvoso, colheita da soja chega a 35%

- Agro
24 de janeiro de 2024
Anúncio

Apesar do clima chuvoso dos últimos dias, os produtores aproveitam os momentos de abertura de sol para dar andamento à colheita da soja. Na área de atuação da Copacol, 35% dos grãos já foram colhidos e estão depositados nos silos.

Na propriedade de Evando Schreiber, em Tupãssi, Oeste do Paraná, a movimentação de máquinas é grande. Com a antecipação na colheita, ele aproveita para semear o milho.

“Tivemos um período de dias muito quentes aqui na nossa região e isso interferiu no enchimento do grão na reta final de ciclo”, conta Evandro. Com a colheita da soja em andamento, ele espera fechar a safra com uma produtividade média de 160 sacas nos 117 alqueires que cultiva.

Anúncio

NOROESTE

As mesmas condições de clima são observadas no Noroeste do Estado. Com 1.100 alqueires de área cultivada, o cooperado de Boa Esperança, José Carlos da Silva, está com as máquinas a campo. “Estamos colhendo uma boa produtividade nas lavouras que plantamos um pouco mais cedo, na abertura da janela de plantio. Já naquelas em que semeamos mais tarde vamos ter uma pequena queda, mas mesmo assim estamos satisfeitos com o que produzimos”.

O cooperado diz que a boa média da safra está relacionada a aplicação das tecnologias incentivadas pela Cooperativa. “Temos que aproveitar tudo o que recebemos da Copacol para transformamos em produtividade”, destaca José Carlos, que até o momento colhe uma média de 160 sacas por alqueire.

SUDOESTE

Com solo e clima diferentes, os cooperados do Sudoeste do Paraná realizaram o plantio um pouco mais tarde. Com isso, a colheita está ainda na fase inicial na região e os produtores enfrentaram dificuldades no estabelecimento da lavoura. O excesso de chuva, principalmente no período de emergência da planta, trouxe maiores impactos. As altas temperaturas também tendem a afetar a produtividade.

AVALIAÇÃO

A safra de soja 23/24 foi de desafios, principalmente com relação as variações climáticas: excesso de chuva no inicio do ciclo e altas temperaturas no fim.

“A colheita é bem conduzida pelos cooperados, porém nas áreas semeadas tardiamente vamos ter redução produtiva, que até o momento está na casa dos 20%”, explica o gerente técnico do Centro de Pesquisa Agrícola da Copacol, João Maurício Roy.

MILHO

Paralelo à colheita da soja, os produtores estão semeando a cultura do milho, que nesta safra terá uma área maior de cultivo e poderá chegar a 220 mil hectares. “A expectativa é muito boa diante do adiantamento de semeadura, época em que a planta se desenvolve bem e tem maior potencial produtivo. No entanto, é importante o produtor ficar atento aos manejos. Para quem já implantou a maior preocupação é com os enfezamentos”, orienta João Maurício .

Anúncio
Comentários do Facebook
Anúncio
Os comentários estão fechados.