Administração pede para que a população de Corbélia evite reuniões familiares

O prefeito em exercício Dangelles Decki, ao lado do prefeito licenciado Dr. Giovani Hnatuw gravaram um vídeo pedindo a colaboração da população de Corbélia para seguirem as orientações no combate à pandemia do novo coronavírus e evitarem as reuniões familiares.

Dangelles lembra que o momento é delicado, e que o aumento no número de casos positivo de COVID-19 nas últimas semanas em Corbélia mostra o crescimento exponencial da doença.

“Momento que é muito delicado devido ao crescimento exponencial que tivemos do número de casos do coronavírus no nosso município que tivemos essa semana, praticamente dobrando o número de pessoas infectadas, num período curto.”

O prefeito em exercício pediu a colaboração da população para o cumprimento de todas as determinações, tanto municipais, quanto Estaduais e Federais.

“Nós precisamos diminuir muito esse contato, essas festas, as confraternizações. O momento é de extrema preocupação.”

Dangelles enfatizou ainda que o município está realizando investimentos na saúde para que a população seja bem assistida neste momento. No entanto, é primordial que os moradores colaborem.

“Estamos com nosso hospital de campanha atendendo nossa população, mas nós precisamos ter a colaboração de cada um de vocês. Nós só venceremos essa luta se cada um cumprir com sua obrigação, seguir as determinações, assim nós juntos vamos passar por esse momento. “

O prefeito licenciado Dr. Giovani Hnatuw falou do alto número de casos no Distrito da Penha. Segundo ele é preciso ter uma atenção especial, já que por ser pequeno o local traz uma falsa segurança em relação a disseminação da doença, o que pode ser ainda mais prejudicial.

“Em relação ao Distrito da Penha a gente pede atenção especial. Por que nós estamos ali com uma concentração muito grande de casos e principalmente nós sabemos que ali é uma comunidade pequena, onde todo mundo se conhece, todos se confraternizam. A circulação no comércio acaba sendo uma circulação onde falsamente nós acabamos tendo uma sensação de segurança.”

Giovani enfatizou a importância seguir as medidas exigidas no combate a pandemia. “Nós precisamos que as medidas de cuidado de higiene de proteção, de utilização da máscara de maneira adequada, de utilização do álcool gel, lavagem frequente de mãos, tanto por parte dos comerciantes, quanto por parte dos clientes sejam seguidos rigorosamente.”

O prefeito ainda chamou atenção para as confraternizações familiares que costumeiramente acontecem aos finais de semana, e está sendo os grandes focos de disseminação da doença. Segundo ele essas confraternizações precisam deixar de acontecer temporariamente.

“E mais uma vez a confraternização familiar, as reuniões que ocorrem nos finais de semanas elas precisam ser restritas. Nós pedimos a toda comunidade, é uma questão de tempo. Esse momento passa, nós não podemos enfrentá-lo com sofrimento muito grande para várias famílias. Nós queremos que as famílias passem por esse momento sofrendo o mínimo possível. Isso logo vai terminar, mas nós precisamos estar cuidando de cada um.”

Giovani ainda lembrou que o maior motivo para disseminação descontrolada do vírus está em pessoas que não apresentam sintomas da doença, mas seguem sua rotina normalmente, por isso a necessidade do isolamento social.

“Permaneçam em casa no núcleo de cada família. Não tenham a sensação de segurança de que como eu conheço não tem perigo. Às vezes a pessoa está portadora, está disseminando o vírus e não apresenta sintomas. Esse é o maior motivo da disseminação descontrolada do vírus.”

O prefeito também falou do constrangimento que pacientes estão enfrentando.

“Não há motivo para constrangimento e de preconceito em relação com quem é portador. Basta termos informações, segurança da informação para que se faça um monitoramento e o cuidado do caso positivo e dos seus contatos, e assim a gente restringe a disseminação da doença.”

As orientações para os moradores é de quem ao apresentar sintomas do novo coronavírus como febre, tosse seca, cansaço, dificuldade de respirar ou falta de ar, perda de paladar ou olfato entre em contato imediatamente com o Call Center montado exclusivamente para atender os casos suspeitos e confirmados da doença.

“E por favor, liguem no Call Center com os seus sintomas, não há necessidade de buscar assistência nas unidades de saúde. Vocês vão ter todas as orientações, e serão conduzidos e monitorados à partir dali. “

Giovani insistiu que Corbélia enfrenta uma fase crítica da doença é preciso a participação, colaboração, da consciência e da solidariedade da nossa comunidade.

“Agora é sobretudo para a família de vocês, pra família de quem vocês amam ou de quem vocês tem como amigo. Nós precisamos todos nos unir para restringir a disseminação dessa doença no nosso município.”

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: