PRF apreende mais de mil celulares na região de fronteira

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu nesta terça (7), na região de fronteira do Paraná, mais de mil aparelhos de telefonia celular importados ilegalmente.

Por volta das 6 horas, agentes da PRF abordaram um motorista de um GM Classic, na BR-487, em Alto Paraíso. Durante a abordagem, os policiais encontraram 547 aparelhos celulares no interior do carro e no porta-malas, avaliados em cerca de R$ 500 mil.

Perguntados, o motorista, de 31 anos, desempregado e morador de Umuarama (PR), disse que retirou o carro já carregado em Mundo Novo (MS) e o entregaria em Umuarama. Já a passageira, uma mulher de 25 anos, também desempregada e moradora de Umuarama, disse que foi contratada para fazer companhia para o motorista.

Diante dos fatos, os dois foram presos em flagrante pelo crime de contrabando e conduzidos, juntamente com os eletrônicos, para a Polícia Federal em Guaíra, para o registro do crime.

Mais tarde, por volta das 13 horas, em Santa Terezinha de Itaipu, agentes da PRF deram ordem de parada a um motorista de uma van de passageiros, na BR-277. Durante a revista no interior do veículo, que estava vazio, os policiais encontraram um compartimento oculto no teto da van, onde estavam armazenados mais de 500 celulares, avaliados em mais de R$ 500 mil.

O motorista, um homem de 50 anos, morador de Foz do Iguaçu (PR), disse aos policiais que entregaria a carga na cidade de São Paulo (SP).

Diante dos fatos, a van foi lacrada e entregue, com o motorista, na Polícia Federal em Foz do Iguaçu, para o registro do crime de descaminho. Por conta da lacração da mercadoria, não foi possível realizar a contagem dos aparelhos, que será realizada posteriormente, pela Receita Federal.

Texto: Maciel Jr / Agência PRF

Envie sugestões de pautas, fotos ou videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você (45) 9 9958-3996 ou Receba notícias da Conexão Revista no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: