Paraná soma 1.192 casos de dengue registrados a partir de agosto

A Secretaria da Saúde do Paraná divulga hoje (01) o boletim semanal da dengue e confirma 132 novos casos da doença. O Estado soma agora 1.192 casos no período epidemiológico que teve início em agosto.

Deste total, 905 são ocorrências autóctones, ou seja, as pessoas foram contaminadas nas cidades de residência. Hoje, 158 municípios paranaenses apresentam casos confirmados. O informe apresenta 12.303 notificações para a dengue – 1.217 a mais que na semana anterior.

AÇÕES – A Secretaria de Estado da Saúde segue realizando ações de enfrentamento da dengue, principalmente, com a capacitação dos profissionais envolvidos no atendimento dos usuários da rede de saúde pública.

Nesta terça-feira (02),  a partir das 19h, a Secretaria participará de evento online do Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR), sobre “Tópicos seletos relacionados à Dengue”.  A diretora de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti David Lopes, e o médico Enéas Cordeiro de Souza Filho, da Vigilância Ambiental, representarão a secretaria no encontro.

Na quinta-feira (03), a Secretaria da Saúde encerra o ciclo de webconferências sobre atualização dos manuais de manejo clínico da doença na Urgência e Emergência  e sobre a integração das áreas de Atenção Primária e Vigilância em Saúde no atendimento e orientações aos usuários do SUS.

Os encontros, promovidos pela Divisão de Atenção e Vigilância em Saúde, começaram em outubro e já reuniram mais de 800 trabalhadores conectados em tempo real e cerca de 5.100 visualizações no canal do youtube da Secretaria.

Na última quarta-feira (25), foi publicada a Nota Orientativa número1, com indicações sobre a Organização da Rede de Atenção à Saúde para o enfrentamento da dengue no Paraná. O documento apresenta informações importantes para a organização e funcionamento dos serviços de saúde em todos os níveis de atenção e pode ser acessado no site da secretaria (saúde.pr.gov.br).

“Além das ações para atualização e integração dos profissionais, precisamos conscientizar uma parcela maior da população para o combate da dengue nas residências, a eliminação dos criadouros nos ambientes domésticos é fundamental nesta batalha para contra o mosquito Aedes aegypti”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto.

MINISTÉRIO – O Ministério da Saúde promoveu na última semana reunião com as secretarias estaduais para apresentar dados nacionais sobre a doença no período 2019/2020.

Entre as semanas 01 a 46, com início em 29 de dezembro de 2019 e finalizada no dia 23 de novembro, o país somou 971.136 casos prováveis, sendo 91,7% concentrados nos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e Mato Grosso.

São 528 óbitos confirmados e mais 207 seguem em investigação. Deste total, 401 aconteceram no Paraná, São Paulo, Distrito Federal e Mato Grosso do Sul. No período anterior, entre agosto de 2019 e julho de 2020, o Paraná registrou 227 mil casos e 177 óbitos pela doença confirmados.

Fonte: Agência Estadual de Notícias (aen.pr.gov.br)

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: