Paraná: Estelionatários clonam contas do WhatsApp e pedem dinheiro para contatos das vítimas

Polícia Civil tem reforçado alerta sobre ação de golpistas

Nós últimos dias, passou a ser utilizado um golpe que atinge usuários do aplicativo WhatsApp. Com a ajuda da própria vítima, a qual inicialmente divulga seu contato em algum site de produtos de comércio eletrônico. Na sequência, o golpista envia uma mensagem para o WhatAapp da vítima comunicando ser da empresa de comércio eletrônico e solicitando uma atualização cadastral, inclusive requerendo um código de atualização repassado por SMS, para o celular da vítima.

É neste momento, que o golpista passa agir, passando ter acesso ao aplicativo de mensagem da vítima e solicitando empréstimos em dinheiro aos familiares e amigos. Durante este tempo, o aplicativo WhatsApp fica fora do ar, no entanto, o celular permanece sendo utilizado para realizar ligações normalmente. É quando o estelionatário mantém total controle sobre as conversas, inclusive pretéritas armazenada no WhatsApp, o que facilita identificar parentes e amigos mais próximos da vítima. Tornando os pedidos mais convincentes.

A orientação da Polícia Civil é sempre a mesma, evite ao máximo realizar a confirmação de dados pessoais por telefone, e saiba que empresas, principalmente estas de sites de produtos e comércio eletrônico não entrarão em contato via aplicativo WhatsApp para a confirmação de dados cadastrais, principalmente solicitando códigos de segurança enviados por SMS. Na dúvida, opte por não realizara tal confirmação até possuir maiores informações sobre a transação.

Fonte: PCPR

Conexão Revista 8ª Edição

Conheça a Conexão Revista de Corbélia também versão impressa. Lançamos uma nova edição a cada 90 dias.

Leia a última edição agora, basta clicar na imagem ao lado!

E boa leitura! 

Deixe um comentário

Conteúdo Protegido