Paraná enfrenta falta de boi gordo para abate


Você está lendo esta notícia no site Conexão Revista. Um portal de notícias independente e feito por jornalistas com informações sobre tudo o que acontece em Corbélia e região.

Os frigoríficos do Paraná estão enfrentando um problema de falta de boi gordo para abate, segundo informações do Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados no Estado do Paraná (Sindicarne-PR).

De acordo com o portal especializado da CarneTec Brasil, a saída de bois paranaenses para abate em outros estados e a proibição do ingresso de animais para a reposição do plantel do Paraná estão reduzindo a oferta de bois no estado. 

“Há uma saída muito elevada de animais para abate do Paraná para outros estados, devido a adquirentes de outros estados que colocam na documentação fiscal que se trata de bezerros para engorda e não de animais terminados. Com isso pagam preços menores e quase não recolhem impostos”, disse o presidente do Sindicarne-PR, Péricles Salazar, em nota. 

Além disso, a entidade estima que cerca de 50 mil animais estão saindo irregularmente do estado por ano. “Atualmente há o risco de muitas empresas diminuírem suas atividades ou mesmo deixarem de operar caso essa situação continue”, disse Salazar. 

“No último dia 27 de dezembro, a Secretaria de Defesa Agropecuária emitiu a Instrução Normativa nº 37 proibindo o ingresso de animais de outros estados vacinados contra a febre aftosa no Paraná. A medida é um dos passos para que o Paraná possa receber o status internacional de livre de febre aftosa sem vacinação. O estado já foi dispensado de vacinar o seu rebanho próprio no ano passado”, indica o portal. 

Ainda está permitida a entrada de bovinos e bubalinos vacinados oriundos de zonas livres de febre aftosa com vacinação, desde que transportados em veículos lacrados pelo Serviço Veterinário Oficial (SVO). 

Fonte: Agrolink

Envie sugestões de pautas, fotos ou videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você (45) 9 9958-3996 ou Receba notícias da Conexão Revista no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: