fbpx

Paraná confirma 2.139 casos da Covid-19. Estado já aplicou 745.046 doses da vacina

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou neste domingo 21/03, 2.139 casos confirmados e 53 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus.

Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 791.390 casos confirmados e 14.779 mortos em decorrência da doença. 

Os casos confirmados divulgados nesta data são de março (2.079, com casos retroativos), fevereiro (11) e janeiro (05) de 2021 e dos seguintes meses de 2020: março (1), junho (1), julho (2), novembro (4) e dezembro (36).

VACINA – O Paraná já aplicou 745.046 doses, sendo 553.135 da primeira dose e 191.911da segunda dose até o final da manhã de sexta-feira (19). Portanto, 553.135 paranaenses já foram vacinados.

INTERNADOS – 2.833 pacientes com diagnóstico confirmado estão internados. São 2.258 pacientes em leitos SUS (906 em UTI e 1.352 em leitos clínicos/enfermaria) e 575 em leitos da rede particular (286 em UTI e 289 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 2.627 pacientes internados, 848 em leitos UTI e 1.779 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos da rede pública e particular e são considerados casos suspeitos.

MORTES – A secretaria estadual informa a morte de mais 53 pacientes. São 24 mulheres e 29 homens, com idades que variam de 27 a 93 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 27 de fevereiro a 21 de março de 2021.

Os pacientes que morreram residiam em Foz do Iguaçu (8), Cascavel (7), Guarapuava (4), Pato Branco (4), Carambeí (3), Castro (2), Irati (2), Mandirituba (2), Tapejara (2) e Umuarama (2)

A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Bandeirantes, Carlópolis, Colorado, Coronel Vivida, Guaíra, Guaratuba, Jandaia do Sul, Mangueirinha, Nova Fátima, Paula Freitas, Rio Bonito do Iguaçu, São Jorge D’Oeste, Telêmaco Borba, Ubiratã, União da Vitória, Vitorino e Wenceslau Braz.

O monitoramento registra 5.199  casos de residentes de fora, 114  pessoas foram a óbito. 

Fonte: AEN

Conteúdo Protegido