Novos gestores reforçam busca pela excelência na administração do Estado


Você está lendo esta notícia no site Conexão Revista. Um portal de notícias independente e feito por jornalistas com informações sobre tudo o que acontece em Corbélia e região.

Modernidade, transparência, eficiência e a busca pela excelência. Essa é a linha que será seguida pelos novos integrantes da equipe de gestão do Estado, em sintonia com as determinações do governador Carlos Massa Ratinho Junior para fazer do Paraná um estado cada vez mais inovador.

Nomeados na quinta-feira (02), o deputado estadual Marcel Micheletto (Secretaria da Administração e Previdência), o antropólogo Mauro Rockembach (Justiça, Família e Trabalho) e o delegado federal Wagner Mesquita (Detran-PR) assumiram efetivamente os cargos nesta semana.

Em comum, os três revelam a vontade de colaborar com a administração pública, fazendo da tecnologia uma aliada na execução de projetos, programas e obras do Governo do Estado. “Uma honra assumir uma pasta tão importante do Governo. Quero administrar bem o dinheiro arrecadado do povo paranaense, com a maior transparência possível”, destacou Micheletto.

Prefeito de Assis Chateaubriand por dois mandatos (2012-2018), ele conta que pretende repetir na secretaria métodos utilizados com sucesso quando chefiou o Executivo da cidade do Oeste paranaense. “De certo modo, todas as secretarias passam pela Administração e Previdência. Serei como um prefeito do Governo”, disse.

Micheletto ressaltou que um dos desafios do novo cargo será coordenar as despesas do Estado em meio à crise econômica decorrente da pandemia do coronavírus. Estimativa da Secretaria da Fazenda aponta para um déficit orçamentário que pode chegar a R$ 3,5 bilhões neste ano. “É a hora de sobressair, mostrar criatividade. Com pouco fazer muito”, afirmou o secretário. Ele entra no lugar do ex-ministro Reinhold Stephanes.

SOCIAL – A pandemia também redobra a atenção do antropólogo Mauro Rockembach, novo responsável pela Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, em substituição ao deputado federal Ney Leprevost.

Segundo ele, neste momento a ordem é dar continuidade e avançar nos programas sociais, reforçando os cuidados com as famílias mais vulneráveis do Estado. Rockembach citou ações que ajudam a melhorar a qualidade de vida da população, como o Programa Nossa Gente (Família Paranaense), Cartão Comida Boa e Caixa d’Água Boa.

“A pandemia tornou tudo mais complexo, ainda mais em uma secretaria que atua diretamente na área social. Pretendo dar sequência ao trabalho, colaborando para cuidar das pessoas que mais precisam do Estado”, explicou ele. “Avançaremos com diálogo, conversando com os mais diversos setores da sociedade civil”, completou.

Rockembach reforçou que a área voltada ao trabalho é um dos pontos mais delicados da secretaria. Para ele, é necessário atuar em conjunto na busca por soluções que amenizem o fechamento de vagas de emprego causados pelo Covid-19.

“É preciso colocar em prática uma ação grande de recuperação, ser pró-ativo e não ficar esperando. Pretendo chamar federações, empresários, comércio, indústria, agronegócios e trabalhadores para pensarmos juntos e encontrar as melhores soluções”, destacou.

Antes de assumir a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, Rockembach atuou como superintendente Geral de Diálogo e Interação Social (Sudis) do Governo do Estado.

TECNOLOGIA – O delegado federal Wagner Mesquita disse que pretende dar sequência ao processo de modernização do Detran-PR, tornando o órgão cada vez mais ágil e presente na vida dos paranaenses por meio de ferramentas digitais. É assim, destacou ele, que a autarquia ganhará velocidade, agilizando processos e reduzindo a burocracia.

Mesquita cita como exemplo o novo portal do órgão, lançado em abril, que possibilita, entre outros processos, a abertura de protocolos de identificação de condutor, solicitação de advertência por escrito, defesa de autuação, recursos de multa, defesa e recurso de suspensão do direito de dirigir e defesa de recursos de cassação da carteira nacional de habilitação (CNH).

“Estou empolgado com essa missão. Pretendo ser um facilitador para atender a população paranaense da melhor forma possível. O atendimento remoto é que vai desafogar nossos postos, dar celeridade aos processos”, disse o novo diretor-geral do Detran-PR. Ele substitui na função o coronel da reserva da Polícia Militar Cesar Vinicius Kogut.

Fonte: AEN

Envie sugestões de pautas, fotos ou videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você (45) 9 9958-3996 ou Receba notícias da Conexão Revista no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: