fbpx

MELHOR EM MATEMÁTICA

Aluno de escola pública de Anahy está entre os melhores do país

A matemática para alguns pode ser um problemão. Tem quem goste e tem quem a odeie. Mas também tem quem a domine. Caio Carvalho, de apenas 15 anos, está entre os que dominam os números. Desde os 12 anos ele sempre está entre os ganhadores da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, realizada todos os anos. Ao todo já soma 5 premiações entregues. A mais recente, de 2017, é dourada. Caio é um dos 500 alunos que obtiveram maior nota no concurso a nível nacional. O aluno viajou até o Rio de Janeiro para receber a premiação com tudo pago pelo Governo Federal.
Da pequena cidade de Anahy, filho de uma dona de casa e um policial militar aposentado, ele é um garoto calmo e o mais novo entre três irmãos. Com um pouco de timidez, ele nos conta que não busca conhecimento além do ensinado em sala de aula, e que o segredo de aprender matemática está na forma como ela é ensinada. “A matemática muitas vezes não é ensinada de uma maneira legal, que faça você querer saber mais na escola. A maioria das pessoas só tem contato com a matemática na escola. Eu mesmo só fui gostar da matéria no sexto ano, quando eu tive uma professora que dava aula muito bem”.
Caio começou cedo a demonstrar maior capacidade de aprendizagem. Em 2009, período em que estava nas séries iniciais, foi reclassificado da segunda para a terceira série.
O destaque não está somente nos números. Recentemente o jovem fez um nivelamento de língua inglesa na Universidade do Oeste do Paraná para ingressar no Programa de Ensino de Línguas, e foi classificado pelos professores como pertencente ao nível avançado. Caio não frequentou nenhum curso particular da língua, além da escola estadual.
A classificação é realizada por meio de prova escrita, de fala e de audição. Os professores fazem uma análise e enquadram o aluno no nível de inglês mais adequado para os conhecimentos apresentados nos testes.
As aulas de inglês já tiveram início em fevereiro, e ele segue os estudos para receber a oficialmente a certificação em nível avançado da língua.
Frequentando o último ano do ensino médio, Caio já se prepara para o vestibular. Mesmo sendo destaque na matemática ele ainda não definiu qual área seguir.
As medalhas ainda não pararam de chegar. Da OBMEP realizada em 2017, Caio também está entre os que serão premiados. No resultado que saiu há poucos meses ele é a posição 68º em nível nacional. No Núcleo Regional de Educação de Cascavel, ele foi o único a estar entre os premiados com medalha de ouro nos anos de 2016 e 2017.

%d blogueiros gostam disto: