Lidar com a dor da ausência

O processo de luto é quase sempre associado à morte de um ente querido ou de alguém que por algum tempo foi alvo de nossa estima, é claro que esse processo nos remete a dor e sofrimento, devido a isso, muitas pessoas não gostam de falar sobre o tema.

Porém, é essencial entender o que acontece nesse processo, qual é o seu tempo de duração e quando se deve procurar algum tipo de ajuda para lidar com o sofrimento. Entender também que o luto se dá pelas perdas de objetos, animais, trabalhos ou ideais e não apenas quando perdemos nossos familiares ou amigos.

Como acontece?

Quando alguém perde algo ou alguém, essa pessoa se recolhe internamente e se afasta do mundo externo por um determinado tempo, a vida perde o sentido, os pensamentos estão extremamente ligados ao objeto/pessoa perdido.

No início ocorre à raiva pelo fato acontecido, posteriormente o sentimento da negação provem do espanto de tal agressão, mais tarde o desejo de troca ou negociação pela perda, vindo em forma de orações ou qualquer outro tipo de barganha/negociação, tendo por fim, o aspecto depressivo e melancólico que mais tarde se envereda pelos caminhos da aceitação.

É sempre bom lembrar que as fases não ocorrem necessariamente de acordo com a ordem exemplificada, as pessoas podem viver todas as emoções e sentimentos ao mesmo tempo, o luto é algo natural de uma reordenação, da qual nos prepara para o novo.

E existe uma fórmula para lidar melhor com o luto?

 Definitivamente não, essa conversa de 7 passos para isso, ou 5 maneiras para aquilo, é uma tentativa de menosprezar os sentimentos e a forma como nosso corpo lida com eles, não somos robôs, somos seres humanos, por sinal, seres bem complicadinhos.

 Existe uma maneira saudável de lidar com o luto, que é, passando por ele, falando sobre ele, falando como ele aconteceu, sobre o que houve, o que te entristece e sobre o que você perdeu, precisamos aprender que, devemos falar sobre o que nos machuca para que essas mesmas “coisas”  possam ir embora, deixando de nos machucar, colocar para debaixo do tapete, nunca dá certo.

Quando devo procurar ajuda?

O luto não é caracterizado como uma patologia/doença, ele é caracterizado como um estado emocional natural da perda, esse estado pode levar meses ou  em alguns casos 1 ano ou mais, o que ocorre quando profissionais dizem que pessoas enlutadas devem procurar ajuda, é que no luto pode ocorrer a auto recriminação, quando eu perco à autoestima.

No luto, apenas o mundo perde a graça, enquanto na depressão é a própria pessoa que se acha “sem graça”, ela se menospreza e se culpabiliza pela perda, é nesse momento que a pessoa ou os familiares devem procurar uma forma de lidar com essa demanda, procurando um profissional.

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: