Governador determina suspensão de serviços não essenciais por 14 dias em 7 regionais de saúde


Você está lendo esta notícia no site Conexão Revista. Um portal de notícias independente e feito por jornalistas com informações sobre tudo o que acontece em Corbélia e região.

O Governador Ratinho Junior anunciou na tarde desta terça-feira, 30, o que chamou de uma quarentena restritiva para as regiões que apresentam maior número de casos confirmados de COVID-19, e entre elas está a região atendida pela 10ª Regional de Saúde. Curitiba e Cascavel são as cidades com as piores situações da pandemia do novo coronavírus.

O Secretário de Saúde Beto Preto anunciou que até o fim da tarde será publicado um decreto Estadual em que determina o fechamento total de serviços não essenciais por 14 dias para sete regionais de saúde.

As novas medidas serão aplicadas em Cornélio Procópio, Cianorte, Toledo, Cascavel, Foz do Iguaçu, Curitiba, Região e devem ser adotadas pelas regionais de saúde dessas cidades por 14 dias a partir desta quarta-feira (1º).

Ao todo 134 cidades deverão aderir as medidas restritivas impostas pelo Governador do Paraná. Segundo o Governador a medida deve atingir em especial as atividades do comércio.

Cascavel é a cidade com pior coeficiente de incidência (casos a cada 100 mil habitantes) e o terceiro pior coeficiente de mortalidade (óbitos a cada 100 mil habitantes).

Segundo o Governador as medidas são importantes porque o problema do Paraná não é com respiradores, ou UTIs já que o Estado tem trabalho na expansão da estrutura física do Estado, mas sim com mão de obra, insumos e principalmente medicamentos como o Propofol, utilizado para sedação em pacientes que precisam ser intubados.

“Está acabando no mundo o medicamento para fazer a sedação, no paciente que precisa ser intubado. É uma situação gravíssima. Além disso hoje o Brasil está em uma escassez de intensivistas, que são os profissionais que atuam em UTIs.”

O Secretário Beto Preto apresentou um estudo que mostra o avanço da doença em todas as regionais de saúde, segundo o estudo mais das metades dos casos foram diagnosticados somente nos últimos 15 dias.

O Secretário apresentou ainda os últimos dados atualizados do Boletim de contaminados pelo COVID-19 no Paraná. E o Estado bateu dois tristes recordes relacionados ao coronavírus. São 1536 novos casos em 24 horas e 36 mortes confirmadas. O número de casos no Paraná chegou a 22.623 e de mortes a 636.

A reportagem está em atualização.

Envie sugestões de pautas, fotos ou videos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você (45) 9 9958-3996 ou Receba notícias da Conexão Revista no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: