Governador anuncia novos projetos habitacionais em Cafelândia e Nova Aurora

Durante visita à Cafelândia nesta sexta-feira (24), o governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou a construção de dois novos empreendimentos habitacionais em parceria com a cooperativa Copacol e a construtora Pacaembu. Serão 336 novas moradias para a cidade, além de 168 unidades para a vizinha Nova Aurora, que somam cerca de R$ 74 milhões de novos investimentos para a região Oeste.

“Em Cafelândia e Nova Aurora temos uma economia muito forte de geração de empregos devido às cooperativas, em especial a Copacol. É um programa diferenciado, porque o Estado paga a entrada do imóvel exigida pela Caixa Econômica Federal para que as pessoas que ganham até dois salários mínimos possam sair do aluguel e realizar o sonho da casa própria”, frisou o governador.

A parceria com a cooperativa é inovadora e futuramente deve ser expandida para outras empresas da iniciativa privada. Ela doou os terrenos para a iniciativa. “É a primeira assinatura de construção de casas junto com uma cooperativa no Paraná. Futuramente vamos chegar a mais lugares, além do Oeste”, acrescentou o governador.

O diretor-presidente da Copacol, Valter Pitol, ressaltou a atuação do Governo do Estado na área da habitação, o que pode beneficiar, inclusive os trabalhadores da cooperativa. “A primeira ambição de cada pessoa é a casa própria. E com a participação do Governo do Estado, da Caixa Econômica Federal, foi possível viabilizar essas 534 casas para as duas cidades que temos atuação ativa”, disse.

Os projetos serão executados pela construtora Pacaembu, empresa especializada em loteamentos planejados de casas, com financiamento da Caixa Econômica Federal. Para facilitar as condições de compra das moradias, o Governo do Estado oferecerá benefícios do programa Casa Fácil Paraná.

As contrapartidas estaduais, em fase de negociação com a construtora, podem incluir descontos de R$ 15 mil por unidade a famílias que ganham até três salários mínimos por mês, além de possíveis convênios com Copel e Sanepar para isenção de taxas de instalação dos padrões de energia elétrica, água e esgoto. A aprovação dos benefícios depende da conclusão do processo de habilitação dos projetos da empresa no Chamamento Público aberto pela Cohapar à iniciativa privada.

“O Governo do Estado, além de fazer obra estruturante, pensa num teto para as pessoas, com uma moradia digna para essas famílias”, ressaltou o prefeito de Cafelândia, Culestino Kiara.

As casas têm modelo arquitetônico padrão, com 43,85 metros quadrados, em lotes que variam de 151 a 180 metros quadrados, características que permitem aos moradores realizarem futuras ampliações com facilidade. Nas duas cidades, os empreendimentos serão construídos na região Norte, com previsão de início das obras para o segundo semestre deste ano.

COMO PARTICIPAR – Os moradores da região que desejam adquirir um imóvel nas cidades devem se inscrever no cadastro de pretendentes da Cohapar. Assim que os empreendimentos estiverem disponíveis para comercialização, todos os inscritos serão notificados por e-mail sobre a oportunidade de adesão ao projeto da cidade que escolheram.

A concessão dos benefícios estaduais dependerá da comprovação das condições de renda informadas no cadastro, mediante análise técnica da Cohapar, e posterior avaliação financeira da Caixa Econômica para assinatura do contrato de financiamento.

CASA FÁCIL – Desde que lançou o programa, em 2021, o Governo do Estado já liberou quase R$ 350 milhões em subsídios, o suficiente para reduzir o valor de entrada de mais de 23 mil imóveis. A meta é chegar ao final de 2022 com R$ 450 milhões liberados e 30 mil famílias atendidas apenas nesta modalidade do Casa Fácil Paraná.

“Esse governo tem a gestão que mais pensou em habitação no Paraná. Estamos desenvolvendo o maior programa habitacional do país, que é o Casa Fácil. E nos dá muita alegria estar aqui em Cafelândia anunciando a construção dessas 534 unidades que com certeza vão realizar o sonho de muita gente”, disse o presidente da Cohapar, Jorge Lange.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, Augustinho Zucchi; os deputados estaduais Marcel Micheletto (líder do Governo), Paulo Litro, Élio Rusch, Nereu Moura e Márcio Pacheco; o presidente da AMP e prefeito de Jesuítas, Júnior Weiller; o presidente da AMOP e prefeito de Santa Tereza do Oeste, Élio Marciniak; o presidente da Câmara de Vereadores de Cafelândia, Adilson Alves Garcia; a secretária de Educação e Cultura de Cafelândia, Rosane Pitol; a secretária de Assistência Social de Cafelândia, Roseli Camilo; o diretor de negócios da Pacaembu, Frederico Almeida Escobar, o co-presidente e diretor comercial da Pacaembu, Fernando Almeida; o presidente da Associação Comercial, Ivelino Scura; o supervisor regional da Caixa Econômica, José Farias; o vice-presidente da Copacol, James Fernando de Morais; e demais convidados.

Conteúdo Protegido