fbpx

Excesso de velocidade e acidentes nas rodovias estaduais marcam feriadão

O Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) começou nesta quarta-feira (25) a operação Corpus Christi, para intensificar o policiamento nas principais estradas do Paraná durante o feriado prolongado. Fotos: Cabo Valdemir.

A fiscalização do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) nas rodovias estaduais durante o feriado prolongado resultou, entre outras ações, na captação de 4.491 imagens de radar nos cinco dias da operação Padroeira. Com a intensificação do policiamento, foram lavradas 1.092 autuações de trânsito e seis motoristas embriagados foram presos.

O reforço ocorreu entre sexta-feira (08) e terça-feira (12). O balanço do batalhão aponta ainda 89 acidentes, com 79 feridos e 18 mortes nas rodovias.

Com uma grande quantidade de veículos circulando pelas rodovias estaduais, os policiais rodoviários usaram efetivo operacional e administrativo para reforçar as abordagens e fiscalizações no Interior e no Litoral. Nos cinco dias de feriado, 2.362 pessoas foram abordadas e 1,7 mil veículos revistados pelos policiais.

As ações resultaram em 58 veículos removidos por estarem com irregularidades, além de 1.092 autos de infração de trânsito lavrados. Com as abordagens, foi possível flagrar condutores embriagados e os policiais fizeram 468 testes etilométricos, sendo encaminhados à delegacia seis condutores e aplicadas oito notificações.

APREENSÕES – O BPRv também atuou no combate aos crimes, principalmente contra o tráfico de drogas, desde as regiões mais remotas até as divisas com estados vizinhos. Neste feriado, 44 quilos de maconha foram apreendidos em duas ocorrências distintas na região Norte, em Rolândia.

A primeira apreensão foi na sexta-feira (08), quando uma mulher foi presa ao ser flagrada em um ônibus com 24,1 quilos de maconha. Segundo as informações do batalhão, a droga seria entregue em Vitória, no estado do Espírito Santo. Já a outra apreensão foi na segunda-feira (11), quando as equipes encontraram uma mala com 20,2 quilos da mesma droga em um ônibus que seguia para São Paulo.

Uma mulher, de 21 anos, foi presa e teria dito aos policiais que a maconha seria entregue em Belo Horizonte (MG).

Fonte: AEN

Conteúdo Protegido