Comércio de Cafelândia comemora junto com os cooperados, os mais de R$ 50 milhões em sobras da Copacol

O resultado é um complemento de cada uma das atividades, que mesmo em um ano crise política e financeira, superou os desafios

Na manhã de ontem, quarta-feira, 19, a Copacol deu início ao pagamento da antecipação das sobras de 2018.

E além dos 5.7 mil cooperados da Cooperativa, todo o comércio da região está comemorando os valores que começaram a ser pagos nas unidades da Copacol de Cafelândia, Nova Aurora, Jesuítas, Formosa do Oeste, Goioerê e Jotaesse distrito de Tupãssi.

Segundo o proprietário da Móveis Bortolato de Cafelândia, Valdecir Bortolato, as sobras distribuídas chegam a aumentar em até 30% as vendas na sua loja.

“Chegamos a vender antecipado nos meses de outubro e novembro, para os associados da Cooperativa pagarem com esta antecipação das sobras, que movimenta praticamente todo o comércio da região ressalta Valdecir.

Neste mês, serão pagos aos cooperados R$30,9 milhões e os R$20 milhões, após a AGO (Assembleia Geral Ordinária), a ser realizada em fevereiro do ano que vem.


O resultado é um complemento de cada uma das atividades, que mesmo em um ano crise política e financeira, superou os desafios nos processos de produção e gestão.

“Conseguimos fazer uma gestão de custos e um planejamento de cada uma das atividades para que pudéssemos chegar a este resultado. Isso também foi possível graças a dedicação e comprometimento dos nossos cooperados e o trabalho profissional dos colaboradores”, afirma o presidente Valter Pitol.

Para o cooperado Rivelino Skura, as sobras são importantes para que os cooperados possam quitar as dívidas e planejar novamente as suas atividades para o próximo ano.

“É muito importante esta preocupação que a Copacol tem com o seu cooperado distribuído estas importantes sobras. Sabemos que este ano foi difícil, passamos por momentos de crise, mas isto mostra o comprometimento e a capacidade administrativa do presidente Pitol e a sua diretoria, de mesmo em um ano desafiador conseguir distribuir estes valores significativos”, destaca Rivelino.

Sobras e complementações a serem repassadas por atividade:
– Soja R$1,80 por saca
– Trigo R$ 0,40
– Milho R$ 0,25
– Café R$ 3,20
– Insumos 2%
– Peixe Juvenil R$ 0,0140
– Peixe R$ 0,1885
– Supermercados 1%
– Aves R$ 0,30
– Ovos 0,0075
– Suínos R$14,50 por cabeça, referente as reservas de 2015/2017

Fonte: Assessoria AMOP

Curta a Conexão Revista no Facebook, e tenha notícias de Corbélia, Anahy, Braganey, Iguatu, Cafelândia e Nova Aurora.

https://www.facebook.com/conexaorevista/

Conheça a Conexão Revista versão impressa. Lançamos uma nova edição a cada 90 dias.

Leia a última edição agora, basta clicar na imagem ao lado! E boa leitura! 



Conteúdo Protegido
%d blogueiros gostam disto: