Chuva de cores na Primavera

A Primavera 2020 e Verão 2021 chegaram com os dois pés na porta da moda, literalmente falando. As cores estão invadindo os nossos guarda roupas de uma forma tão forte, que fica praticamente impossível não se render a uma cor mais vibrante neste momento.

Até mesmo para quem não dispensa os tons sóbrios e discretos, está complicado não aderir à essa tendência, e isso é muito bom, já que as cores exercem um papel fundamental não só moda, como, na vida.

E isso se relaciona fortemente com o momento em que estamos vivendo, já que todas as tendências da moda estão relacionadas diretamente com momentos políticos e atuais, e tal como esse período de pandemia fez as marcas apostarem em formas de escaparem desse momento de fragilidade e monotonia.

E investindo pesado na alegria que as cores trazem, vemos, duas estações completamente multicoloridas e isso em todos os aspectos. Que vai desde as estampas até as modelagens facetadas em cores. E isso não é demais? Claro que é! Somos movidos por cores que nos alegram todos os dias, do acordar ao adormecer. Moda é a leitura dos ambientes em que vivemos, e com certeza precisamos muito da alegria das cores neste momento!

E na paleta dessas duas estações estamos muito bem servidos, já que vemos desde tons leves que são chamados de Candy Colors até os neons (tons vibrantes e florescentes). Os tons Fresh estão no meio do caminho, nos trazendo leveza, mas, com uma pitada a mais de pigmento que os candys. As cartelas das cores, rosa, vermelho, verde, amarelo, laranja, azul, magenta e lilás, serão vistas com frequência e unidas aos tons mais crus como, areia, bege preto e também o branco. E essas cores neutras servem como base, na hora da montagem do look, pois através delas pode-se chegar desde um estilo mais clássico até um arrojado e descontraído.

E o mais incrível é que até mesmo nas modelagens esse colorido está presente, como nos vestidos, saias e blusas facetados em cores, onde cada corte de tecido é colocado uma cor diferente. Trazendo assim, linhas coloridas e também trazendo muita personalidade, e é intrigante, pois a depender da forma em que essas cores estão dispostas é que se chega a determinada característica de personalidade. E também pode contribuir com cada tipo de corpo, já que, cores escuras são usadas disfarçar, cores claras e vibrantes para evidenciar.

E já que estamos falando de escapismo. Para fugirmos do calor escaldante que começou antes mesmo da primavera, vemos os tecidos com base em algodão, como o linho, o jeans leve, a viscose, a laise, as malhas de algodão, uma forma clara e refrescante que unir beleza e conforto às peças destas estações, já que precisamos de roupas que possam nos trazer a comodidade do bem-estar durante os dias quentes que estão por vir.

E as estampas vieram fortes com listras, poás, geométricos, florais, tudo isso com muita cor. E fazendo uma leitura de todos esses aspectos da estamparia, vemos o quando todo esse momento contribuiu nas tendências, exemplo é a disparada do tie dye ( técnica de tingimento muito antigo que foi muito forte nos 70 no período hippie), que veio neste momento de confinamento como uma forma de distração para as pessoas, e que se propagou em todos os âmbitos da moda, não se limitando somente nas peças de roupas, mas, também em acessórios, calçados e chegando até na decoração.

E a expressividade dessa temporada é o que mais chama a atenção, já que num momento tão complicado, à moda veio trazendo alegria, colorido e muita liberdade na hora do vestir, fazendo jus as estações mais felizes do ano.

Conteúdo Protegido