Cafelândia volta a exigir uso de máscara em unidades de saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de Cafelândia anunciou na tarde desta terça-feira, 31, a volta da obrigatoriedade do uso de máscaras em unidades de saúde. O uso das máscaras será exigido em todas as Unidades Básicas de Saúde, Farmácia Básica e no Pronto Atendimento Municipal.

O retorno da proteção facial se dá devido ao aumento no número de casos de COVID-19 registrado no município. De acordo com o boletim divulgado também nesta terça-feira, 31, Cafelândia possui 20 casos ativos de COVID-19, com dois pacientes em internamento. Foram 19 novos casos diagnosticados desde o boletim anterior, divulgado três dias antes. O total de contaminados desde o início da pandemia chega a 5.201.

Entre os dias 26 de abril e 31 de Maio, Cafelândia registrou 89 novos casos do novo coronavírus. O número é muito maior que o registrado em abril, que chegou a 30 registros. As informações são dos boletins divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Paraná

No Paraná também já registra aumento no número de contaminados pelo novo coronavírus. De acordo com a Secretaria estadual da Saúde (Sesa) foram confirmados 5.554 novos casos entre os dias 30 e 31 de maio, e 17 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus no Paraná.

Os dados acumulados do monitoramento mostram que o Estado soma agora 2.518.268 diagnósticos e 43.099 óbitos pela doença.

Os 17 óbitos são de sete mulheres e dez homens com idades entre 1 e 95 anos. As mortes ocorreram entre 14 de fevereiro e 30 de maio de 2022.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Londrina (2), Ângulo, Toledo, Pérola d’Oeste, Pinhais, Maringá, Loanda, Ivaí, Guaraci, Curitiba, Cianorte, Cambé, Bandeirantes, Araucária, Apucarana e Ampére.

O boletim informa que há 238 pacientes com diagnóstico confirmado ou suspeito de Covid-19 internados, todos em leitos SUS (92 em UTIs e 146 em enfermaria).

Conteúdo Protegido